Por pbagora.com.br

 A câmara baixa do parlamento alemão (Bundestag) aprovou nesta sexta-feira (11) um programa de financiamento público para dar tratamento a pedófilos potenciais.
De acordo com a resolução, em janeiro de 2017 será iniciado um programa piloto, com duração de cinco anos e que possibilitará às pessoas afetadas seguirem tratamentos a cargo da saúde pública.

Para o programa está previsto um financiamento de 5 milhões de euros por ano e sua direção corresponderá à clínica universitária da Charité, em Berlim, tomando como base seu projeto de prevenção da pedofilia impulsionado em 2005.

O programa da clínica se estendeu progressivamente a outros estados alemães e está dirigido a homens que se sentem atraídos sexualmente por crianças e adolescentes. O objetivo é testar tratamentos preventivos para evitar que no futuro eles abusem de menores.

Segundo números recentemente apresentados pela Charité, 7.075 pessoas buscaram ajuda no programa, quase 3 mil se submeteram a um diagnóstico e várias centenas receberam tratamento.

Um total de 251 homens o concluíram com sucesso e, cinco anos após o fim do tratamento, nenhum cometeu abusos.
Recentes estudos apresentados pela clínica berlinense mostraram que entre 4,1% e 9,5% dos homens admitem ter tido pelo menos uma vez fantasias sexuais com crianças ou adolescentes.

Na Alemanha, segundo o Ministério da Justiça, são registrados anualmente cerca de 14 mil casos de violência sexual com menores como vítimas, embora haja suspeitas de que os números reais sejam muito maiores.

G1.com.br

Deixe seu Comentário