Por pbagora.com.br

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse nesta quinta-feira (24) que a ONU "não cheira mais a enxofre, mas a esperança".

A declaração, feita em discurso na Assembleia Geral, foi uma referência à última intervenção do venezuelano, em 2007, quando ele chamou o então presidente dos EUA, George W. Bush, de "diabo".

Chávez também pediu a volta imediata ao poder do presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya.

 

O venezuelano também assegurou que "a revolução está em marcha" na América Latina e no Caribe.

 

G1