Com mais de 90 filmes e 60 anos de carreira, Douglas era considerado um dos últimos nomes da era de ouro do cinema. Ele era questionador como seus personagens, a exemplo do escravo Spartacus, um de seus maiores papéis.Kirk Douglas, estrela que lutou contra gladiadores, caubóis e pugilistas nas telas de cinema e combateu o establishment de Hollywood, morreu na quarta-feira (05/02) aos 103 anos, segundo divulgou um de seus filhos, o também ator e produtor Michael Douglas.

“É com uma tremenda tristeza que meus irmãos e eu anunciamos que Kirk Douglas nos deixou hoje aos 103 anos”, disse Michael Douglas numa declaração à revista de celebridades americana People e também em sua página no Facebook.

“Para o mundo, ele era uma lenda, um ator da era de ouro dos filmes, que viveu bem até os seus próprios anos de ouro, e um humanista cujo comprometimento com a justiça e as causas em que acreditava definiu um padrão que todos nós podemos ambicionar”, completou, dizendo ter “muito orgulho” de ser filho de Douglas.

Em 2016, por ocasião dos cem anos de Kirk Douglas, seu filho Michael organizou uma festa para mais de 130 convidados. Até os 90 e poucos anos, o lendário ator ainda distribuía refeições para sem-teto em Los Angeles no Dia de Ação de Graças.

G1

Deixe seu Comentário