Por pbagora.com.br

O primeiro banco vinculado ao movimento islâmico radical palestino Hamas começou a funcionar nesta terça-feira, com um capital inicial de 20 milhões de dólares. A instituição funcionará segundo os preceitos das finanças islâmicas, ou seja, que proíbe os juros por considerá-los uma forma de usura.

O banco terá uma capital inicial de US$ 20 milhões e ocupa um edifício de quatro andares no centro de Gaza. O grupo controla a região desde junho de 2007 quando expulsou os membros do ultranacionalista do Fatah.

"Nesta terça-feira abrimos o banco e começamos a oferecer nossos serviços ao público", declarou o presidente do conselho de administração do Banco Nacional Islâmico, Alaa al Rafati.

Em um primeiro momento, a instituição vai administrar as contas de 6.000 funcionários administrativos do Hamas em Gaza, que poderão sacar dinheiro a partir de 1º de maio, quando o governo islamita depositar os salários de abril.

Folha Online

Deixe seu Comentário