Por pbagora.com.br

O ex-ator Mark Lester, que ficou famoso como criança prodígio no filme musical "Oliver!" (1968), disse que acredita ser o pai biológico de Paris, a filha de Michael Jackson, em declarações publicadas neste domingo (9) pelo "News of the World".

 

"Doei a Michael meu esperma para que pudesse ter filhos e acho que Paris é minha filha", disse Lester, de 51 anos e amigo íntimo do "rei do pop", que morreu aos 50 anos em 25 de junho.

 

"Em 1996, Michael me perguntou se lhe daria esperma, e disse que sim. Foi um presente para ele. Não pagou dinheiro nenhum. Foi algo que tive a honra de fazer. Ele queria ter filhos", disse o suposto pai.
 

O ex-ator inglês, que tem quatro filhos e agora trabalha como médico osteopata, está disposto a fazer exames de DNA para saber a verdade.

 

"Foi um segredo durante tanto tempo", ressaltou o ex-ator, padrinho de Paris, de 11 anos, e dos outros dois filhos do cantor, Prince Michael Jackson, de 12 anos, e Prince Michael Jackson II, de 7 anos, apelidado de Blanket.

 

Lester também destaca que Paris se parece muito com sua filha Harriet, de 15 anos. Paris é pálida, com olhos azuis. Todas minhas filhas, exceto a mais velha, são brancas com olhos azuis. Muita gente comentou o quanto Harriet e Paris se parecem", disse.

 

Desde que a mãe de Michael, Katherine, obteve a guarda dos três filhos do cantor, Mark Lester reclama que a família do "rei do pop" não atende seus telefonemas nem e-mails. "Quero ter contato com ela, Prince e Blanket, sem que importe se algum deles ou todos são meus. Acho que é cruel que tenham me excluído deles", disse.

 

G1

Notícias relacionadas

Pandemia de covid-19 “está longe de terminar”, diz chefe da OMS

Confusão e negligência no combate à Covid-19 fazem com que a pandemia esteja longe de terminar, mas a situação pode ser controlada em meses com a adoção de medidas de…

Saiba se sua conta foi uma das 533 milhões que vazaram do Facebook

Mais uma vez o Facebook teve sua segurança quebrada e dados pessoais de 533 milhões de contas ficaram disponíveis na internet. Números de telefone, e-mais, endereços e outras informações ficaram…