Equipes de resgate tentavam nesta segunda-feira (10) evitar um desastre humanitário na Tailândia em decorrência das piores inundações em meio século, que cobriram grandes áreas do país, levaram ao fechamento de fábricas e deixaram milhares de pessoas ilhadas.

Desde julho, quase 270 pessoas já foram mortas pelas tempestades das monções, que causaram inundações e deslizamentos em 30 das 77 províncias tailandesas, segundo as autoridades.

Há cerca de 1,4 milhão de hectares de terras agrícolas debaixo da água. Mais de 700 mil casas foram destruídas ou danificadas.

Na província de Auytthaya, no centro do país, 198 fábricas de um polo industrial, incluindo uma unidade de montagem da Honda, tiveram de fechar no fim de semana.

O ministro da Indústria, Wannarat Channukul, estimou que os prejuízos superaram os 645 milhões de dólares só na província de Ayutthaya.

G1

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário