A Paraíba o tempo todo  |

Em meio a protestos, governo da Tailândia anuncia medidas sociais

Objetivo é melhorar imagem para as possíveis eleições deste ano.
Premiê Abhisit Vejjajiva é contestado por partidários de ex-primeiro-ministro

 

Em meio a protestos que levaram milhares de oposicionistas às ruas da capital, Bangcoc, o primeiro-ministro da Tailândia, Abhisit Vejjajiva, anunciou neste domingo (9) uma bateria de medidas destinadas a reduzir o desequilíbrio social, em uma aparente tentativa de melhorar a imagem do governo antes das eleições previstas para este ano.

Vejjajiva, que disse avaliar dissolver o Parlamento e convocar eleições para meados do ano, disse que as novas medidas perseguem beneficiar os tailandeses com menor poder aquisitivo e os trabalhadores autônomos, como taxistas e vendedores ambulantes.

Milhares de oposicionistas ‘camisas vermelhas’ fazem comício neste domingo (9) na esquina Ratchaprasong, em Bangcoc, capital da Tailândia. Eles pedem que o governo liberte manifestantes presos durante os protestos que agitaram o país no ano passado.

 

G1

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe