Por pbagora.com.br

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, anunciou nesta quinta-feira que seu governo rompeu relações diplomáticas com a Colômbia, depois que este país reiterou diante da OEA suas acusações sobre a presença de líderes guerrilheiros colombianos em território venezuelano.

"Anuncio com uma lágrima no coração: a Venezuela rompe a partir deste momento todas as relações com o governo da Colômbia", anunciou o presidente em uma declaração a jornalistas no palácio de Miraflores.

Chávez estava acompanhado do ex-jogador de futebol argentino Diego Armando Maradona, em visita à Venezuela.

Segundo Chávez, foi uma decisão adotada "por dignidade" diante das acusações do governo do atual presidente Álvaro Uribe, que na semana passada acusou a presença de líderes guerrilheiros colombianos nas fronteiras venezuelanas.

A acusação foi reiterada nesta quinta-feira pela Colômbia diante da Organização de Estados Americanos (OEA), em uma reunião convocada especialmente por esse país para tratar do tema da suposta presença guerrilheira na Venezuela.

Terra