Por pbagora.com.br

A polícia das Filipinas relatou nesta quarta-feira ter usado a rede social Facebook para identificar um técnico de informática suspeito de ter assassinado nove pessoas. A polícia capturou o suspeito, Mark Dizon, 28 anos, em San Francisco, norte de Manila.

Algumas testemunhas o identificaram graças a sua conta no Facebook, na qual a polícia descobriu que a filha de uma de suas vítimas era uma ex-namorada do suspeito, contou Danilo Bautista, chefe da polícia da cidade de Angeles, onde os crimes foram cometidos. Dizon chegou a fechar sua conta ao perceber que a polícia o estava rastreando, mas o pai do suspeito, que temia por sua vida, resolveu entregá-lo.

Mark Dizon é suspeito de ter assassinado em vários ataques no mês passado três aposentados estrangeiros – um canadense, um americano e um britânico – que viviam em bairros luxuosos de Angeles, suas três companheiras filipinas assim como três empregados doméstricos filipinos com o objetivo de roubar equipamentos eletrônicos.
 

 

Terra