Um tsunami atingiu as ilhas de Sumatra e Java na noite de sábado (22) e deixou 222 mortos e 843 feridos, de acordo com o último balanço divulgado pela Agência Nacional de Gestão de Desastres (BNPB) da Indonésia. Até o momento, não há registro de vítimas estrangeiras.

O fenômeno não foi precedido por um terremoto, o que normalmente dá às autoridades tempo para transmitir um alerta e preparar a população. As ondas gigantes teriam sido provocadas por deslizamentos subaquáticos causados por erupções do vulcão Anak Krakatoa.

"O número de vítimas pode aumentar, pois não nos chegaram informações de todas as áreas afetadas", afirmou em comunicado o porta-voz da BNPB, Sutopo Purwo Nugroho. O Itamaraty informou ao G1que está monitorando a situação, mas não tem notícias de brasileiros na região.

Ao menos duas ondas gigantes devastaram boa parte das regiões de Pandeglang, South Lampung, Serang e Tanggamus, no estreito de Sunda. De acordo com testemunhas, a segunda onda foi muito maior e mais forte do que a primeira.

O último balanço indica a destruição de 556 casas, nove hotéis, 60 barracas de comida e 350 barcos.

A região turística de Pandenglang, a cerca de 100 km de Jacarta, foi a mais afetada e já registra 164 mortes e 624 feridos. Centenas de casas e hotéis ficaram muitos danificados. A região concentra as praias mais procuradas pelos visitantes como Tanjung Lesung, Sumur, Teluk Lada, Penimbang e Carita.

Sem alerta, o tsunami surpreendeu os indonésios. Um vídeo compartilhado pelas emissoras locais mostra o momento em que uma onda gigante atingiu o palco onde acontecia um show e arrastou a estrutura contra o público, na praia de Tanjung Lesung. Alguns integrantes do grupo "Seventeen", que fazia o show, e parte dos espectadores morreram.

 

G1
Foto: AP Photo

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário