Parecia que a Red Bull dominaria a classificação deste sábado (16) em Cingapura. Como nos velhos tempos, o time foi o mais rápido com Max Verstappen nas duas primeiras fases da sessão já quebrando o recorde da pista. No entanto, tinha um Sebastian Vettel no meio do caminho.

 

Ex-piloto da Red Bull, o alemão da Ferrari colocou água no chopp do time austríaco registrando sua pole position de número 49 na carreira em uma volta fantástica no final do Q3, com 1min39s491.

 

le superou Verstappen por 0s323 em uma última volta de tirar o fôlego. Restou para a Red Bull se contentar com segundo e terceiro lugares, com o holandês levando a melhor em cima de Daniel Ricciardo.

 

Para o líder do campeonato, Lewis Hamilton, a sessão não foi boa. Ele tomou 0s635 do tempo do rival pela disputa do título e pole position, Sebastian Vettel. Seu companheiro na Mercedes, Valtteri Bottas, ficou a mais de 1s da pole, e foi o sexto.

 

O top-10 foi completado por Nico Hulkenberg, Fernando Alonso, Stoffel Vandoorne e Carlos Sainz Jr.

 

Depois de tocar no muro em sua primeira volta rápida no Q1 e furar o pneu, Felipe Massa retornou aos boxes e conseguiu ainda voltar à pista no final da sessão. O brasileiro ainda tentou, mas com um erro na última curva e a falta de performance do carro da Williams, Massa não fez melhor que um 17º no grid, uma posição à frente do companheiro Lance Stroll.

 

Q1

Com vários carros saindo do box com o início da sessão, a Ferrari foi a primeira a anotar bons tempos, com Kimi Raikkonen fazendo a volta mais rápida com 1min44s060. Ele foi superado rapidamente por Vandoorne, Perez, Verstappen e Ricciardo – que cravou 1min42s846.

 

Massa acabou tocando no muro durante sua primeira volta rápida e danificou seu pneu raseiro direito.

 

Enquanto isso, Verstappen superou Ricciardo pelo primeiro lugar. Massa entrou na pista nos últimos minutos, mas não conseguiu ir ao Q2.

 

Foram cortados Magnussen, Massa, Stroll, Wehrlein e Ericsson.

 

Q2

Mais uma vez a Red Bull foi o time a ser batido. Max Verstappen superou a melhor volta de Sebastian Vettel feita no início do Q2 com 1min40s379 – novo recorde do circuito de Cingapura.

 

O holandês ainda melhorou sua melhor marca para 1min40s332, com Daniel Ricciardo com 1min40s385 logo atrás. As duas Ferraris vieram logo atrás, com Kimi à frente de Vettel. Hamilton ficou em quinto.

 

Ficaram no Q2, Palmer, Perez, Kvyat, Ocon e Grosjean.

 

Q3

Max Verstappen foi o primeiro a registrar uma volta abaixo de 1min40s no final de semana, fazendo 1min39s814. No entanto, ele foi batido por um inspirado Vettel, que conseguiu fazer 1min39s669 em sua primeira tentativa. Ricciardo foi o terceiro e Hamilton foi apenas o quinto.

 

Verstappen não conseguiu melhorar eu tempo em sua última volta, mas Vettel ainda se superou para marcar 1min39s491.

 

O GP de Cingapura tem início marcado para as 9h deste domingo (17).

 

motorsport

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Palmeiras vence Fortaleza e chega à 4ª vitória seguida com Mano Menezes

O Palmeiras segue firme na briga pela liderança do Campeonato Brasileiro. Neste domingo, o time comandado por Mano Menezes visitou o Fortaleza, na Arena Castelão, e voltou para casa com…