Por pbagora.com.br

 Diante do quase imbatível em casa Atlético-MG, o Vasco, após levar um passeio no primeiro tempo, comandou as ações no segundo. Mas não foi suficiente. No Independência, em Belo Horizonte, o time dirigido por Dorival Júnior sofreu a quarta derrota seguida e segue na zona do rebaixamento no Brasileiro: 2 a 1 para os donos da casa.

– O time precisa de tranquilidade e pouquinho de sorte – disse o lateral Fágner, ao fim da partida.

 

Na quarta-feira, o Vasco volta a campo, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, contra o Goiás, no Serra Dourada. Pelo Brasileiro, o próximo compromisso do elenco da Colina é contra o Bahia, no próximo domingo, na Fonte Nova.

 

O Atlético-MG botou o Vasco na roda no primeiro tempo. Logo aos 3 minutos, Fernandinho tabelou com Ronaldinho Gaúcho, que devolveu de calcanhar. O atacante recebeu de volta, deixou Cris sentado na área e tocou sem chances para Michel Alves. Aos 12, o goleiro vacaíno evitou o segundo gol, ao espalmar para escanteio chute sem ângulo de Tardelli. Dois minutos depois, Tenório sentiu uma lesão ao dar um pique e acabou substituído por Edmilson.

Aos 18, o Galo ampliou o placar em uma falha da zaga. Ronaldinho cobrou falta e Rafael Vaz tentou desviar e fez o gol contra.

 

O Vasco voltou do intervalo com Willie e Yotún nos lugares de Abuda e Wendel, respectivamente. E o time comandou as ações na etapa final. Logo no primeiro minuto, Fágner cruzou rasteiro e por muito pouco Edmilson não fez o gol, de carrinho. Aos 15, Marlone invadiu a área atleticana, mas chutou fraco, nas mãos de Victor. No minuto seguinte, de fora da área, Edmilson obrigou o goleiro atleticano a fazer ótima intervenção. Aos 20, Edmilson cruzou rasteiro e o camisa 1 do Galo apareceu bem novamente.

 

Dakson diminui no segundo tempoA pressão vascaína foi traduzida em gol aos 27, num frango de Victor. Dakson cobrou falta de longe e o goleiro atleticano aceitou.

 

Numa das raríssimas chances do Galo no segundo tempo, Dátolo perdeu um gol incrível. Sozinho, na pequena área, o jogador argentino, furou a bola, após cruzamento de Tardelli. Aos 43, Michel Alves falhou e a bola sobrou para Ronaldinho Gaúcho carimbar o travessão vascaíno.

 

ATLÉTICO-MG 2 X 1 VASCO

 

Estádio: Arena Independência, Belo Horizonte (MG)

 

Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO)

 

Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva e Carlos Augusto Nogueira Junior

 

Cartões amarelos: Wendel (33’/1ºT)

 

GOLS: Fernandinho, 2’/1ºT (1-0), Ronaldinho, 18’/1ºT (2-0), Dakson, 27’/2ºT (2-1)
Atlético-MG: Victor, Michel, Leonardo Silva, Réver, Júnior César; Pierre, Josué (Dátolo – 33’/2ºT), Ronaldinho; Diego Tardellli, Fernandinho (Luan – 24’/2ºT) e Jô. Técnico: Cuca

 

Vasco: Michel Alves, Fagner, Cris, Rafael Vaz e Wendel (Yotún – Intervalo); Abuda (Willie – Intervalo), Pedro Ken, Juninho e Dakson; Marlone e Tenório (Edmilson – 14’/1ºT). Técnico: Dorival Júnior.

Globo.com

Deixe seu Comentário