A Paraíba o tempo todo  |
CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Treze perde segunda partida segunda no Estadual

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O Sousa está ainda mais páreo na disputa por uma vaga na próxima fase do Campeonato Paraibano. Com a vitória deste domingo, sobre o Treze, no Marizão, o Dinossauro depende apenas das suas próprias forças para avançar ao mata-mata. E foi uma vitória e tanto. Vitória que começou com o Galo abrindo o placar e ainda teve um pênalti perdido por Esquerdinha para o Alviverde. Mas aí Gianotti entrou em ação pelos donos da casa e resolveu a parada, marcando os dois gols da virada.

O camisa 11 do Sousa foi o melhor em campo. E saiu de campo ovacionado pela torcida. E não era para menos. Ele viu o Treze abrir o placar aos 25 minutos do primeiro tempo, com Vitinho. E, aos 40, ainda lamentou, junto com seus companheiros, o pênalti desperdiçado por Esquerdinha, que daria o empate ao Dino. Mas, apenas dois minutos mais tarde, ele começou a mudar a história do jogo, quando acertou bom chute de fora da área e marcou um bonito gol, deixando tudo igual no placar. Depois, na segunda etapa, seguiu dando trabalho à defesa trezeana, até que, aos 32 do segundo tempo, marcou mais um, virou o jogo e deu a vitória ao time da casa. E saiu de campo como o nome da partida.

O lateral-esquerdo do Treze não teve um bom domingo. Seu time vencia por 1 a 0 quando ele usou a mão para evitar um gol certo do Sousa. Com isso, o árbitro não teve dúvida e expulsou direto o jogador trezeano. Esquerdinha até desperdiçou a cobrança do pênalti, defendido por Copetti, mas, com um a menos em campo, o Galo teve dificuldades para manter a vantagem no placar e acabou sofrendo a virando.

Com a vitória, o Sousa chegou aos 17 pontos e, favorecido pela derrota do Nacional de Patos para o CSP, subiu para a terceira colocação do Grupo A, entrando na zona de classificação para a próxima fase. Na última rodada, o Dinossauro vai ter a chance de ultrapassar Campinense (20) e Botafogo-PB (19) e terminar como líder da chave, o que o levaria direto para a semifinal. Mas precisaria de uma combinação improvável de resultados.

Já o Treze permanece na liderança do Grupo B, com 14 pontos, mas é seguido de perto pelo CSP, que tem 12, e, com isso, ainda corre o risco de perder a liderança da chave e, assim, ter que passar por uma espécie de repescagem em vez de ir direto à semifinal.

Sousa e Treze agora se preparam para a rodada do próximo fim de semana, que vai ser a última desta primeira fase do Campeonato Paraibano. O Dinossauro vai até Guarabira para enfrentar a Desportiva e, se vencer, garante vaga na próxima fase – mas pode se classificar até perdendo, caso o Nacional de Patos tropece contra o Serrano-PB. Já o Treze – que já está classificado – vai ter o Clássico Tradição contra o Campinense e precisa vencer (ou contar com tropeço do CSP, que pega o Auto) para avançar direto para a semifinal. Todos os jogos desta última rodada vão acontecer às 16h do próximo domingo.

Redação com globoesportes.com

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe