Por pbagora.com.br

O grande problema do Treze para enfrentar o Sousa, nesta quarta-feira, dia 22, às 20h30, no estádio José Cavalcanti, em Patos, na primeira partida da final do returno está no departamento médico.

Os atletas Celso e Cledson (laterais direito e esquerdo), Erlon (zagueiro), Tony e Geraldo Madureira (meias), continuam se recuperando para pegar o Dinossauro no alto sertão paraibano.

Dos cinco jogadores que podem jogar, três estão com boas esperanças de serem liberados: Celso, Erlon e Tony. Cledson e Geraldo Madureira devem receber o “sinal verde” do DM para a partida de volta, no próximo domingo, no estádio Amigão, em Campina Grande.

Torcendo pela recuperação dos jogadores, o técnico Marcelo Vilar começa a preparar o time para conquistar o returno e conseqüentemente fazer a final do Estadual 2009. “Espero contar com a maioria que está no DM. São jogadores importantes no nosso esquema”, disse Marcelo.

Apesar de jogar por dois resultados iguais para obter o returno o comandante galista deseja começar a decisão com um resultado positivo, ou pelo menos um empate, para decidir a sorte na Serra da Borborema. Consciente da boa fase que atravessa o Sousa, principalmente atuando em seus domínios, Marcelo alerta os jogadores da potencialidade do grupo em buscar forças para ganhar o segundo turno.

“Temos um adversário que vem fazendo uma boa campanha conseguindo resultados positivos dentro e fora de casa. Acredito na qualidade e determinação do grupo para conquistar uma vitória ou pelo menos um empate em Patos”, ressaltou.

Experiente em decisões, o goleiro Rodrigues deseja fechar o gol galista e conseguir sair na frente da final. “Chegou a hora do Treze mostrar força e ganhar o returno. Será uma decisão de 180 minutos, onde quem aproveitar as melhores chances vence o desafio”, comentou.
Sousa

Dois jogos separam o Sousa da conquista do título estadual/2009, da vaga na Série D e da Copa do Brasil de 2010. Vencedor do primeiro turno em cima do Treze, o time sertanejo entra embalado nesta reedição no returno do Campeonato Paraibano, contra o time de melhor campanha do returno.

Necessitando vencer a primeira para reverter á vantagem do adversário, o Dinossauro terá o desfalque do volante Jéferson (suspenso pelo terceiro cartão amarelo) e possivelmente do zagueiro Ranieri, que se encontra no departamento médico. Bileu pode ser o substituto de Jéferson no meio de campo.

Motivado com as duas vitórias em cima do Campinense nas semifinais do returno (3 a 2 e 3 a 1), o time comandando pelo técnico Reginaldo Sousa prega humildade e respeito pelo adversário. Ele considera essencial começar ganhando em Patos para tirar a vantagem do Galo.
 

O Norte

Deixe seu Comentário