Por pbagora.com.br

Acabou a primeira fase do Campeonato Paraibano. Cinco jogos nesta terça-feira deixaram tudo definido nessa parte da competição. Após as partidas dessa 10ª rodada, já se sabe quais são os quatro semifinalistas e os dois rebaixados. Treze e Botafogo-PB conseguiram a classificação no Grupo A e se juntaram a Campinense e Sousa, que já estavam classificados pelo Grupo B. Enquanto isso, o CSP foi rebaixado e, junto com o Sport Lagoa Seca, caiu para a 2ª divisão de 2021.

No Grupo A, Atlético de Cajazeiras, Treze e Botafogo-PB brigavam por duas vagas nas semifinais. E o Trovão Azul, que até então era o dono da melhor campanha geral da competição, apenas empatou com o Sousa, por 1 a 1, no Marizão, viu Galo e Belo vencerem e acabou eliminado.
O Treze fez jogo duro com o Campinense, venceu por 1 a 0 no Amigão e terminou a fase como primeiro colocado do Grupo A, logo à frente do Botafogo-PB, que passou sufoco, mas venceu o CSP também por 1 a 0, no Almeidão, e avançou na segunda colocação. Galo e Belo vão se enfrentar em uma das semifinais.

O confronto entre Treze e Campinense da noite desta terça-feira teve todos os requisitos de um Clássico dos Maiorais: foi acirrado, brigado e decidido no detalhe. A partida, que aconteceu no Estádio Amigão, foi decidido quando o duelo já caminhava para os seus últimos instantes. Nilson Júnior marcou o único gol da partida. O zagueiro aproveitou cruzamento de Alexandre Santana e, lá de cima, fez o gol que deu a vitória ao Galo da Borborema e que classificou o time alvinegro como líder do Grupo A para a fase mata-mata.

O primeiro tempo foi de muita tensão. Treze e Campinense tiveram poucas chances claras de gol. Na primeira etapa, em especial, foi visto um jogo muito mais faltoso e de passes errados. Um exemplo disso aconteceu aos 24 minutos, quando Wagner Reway deu cartão vermelho direto para o zagueiro Alex Maranhão, que se estranhou com Gilmar. Sem grandes chances para os dois lados, o melhor momento ficou por parte do time alvinegro, com Bruno Mota, que cabeceou a bola para fora após um cruzamento de Léo Pereira.

A etapa final começou com o Treze se lançando de vez ao ataque. Com a vitória parcial do Botafogo-PB, que vencia o CSP, no Almeidão, o Galo da Borborema estava ficando de fora da semifinal. Foi aí que entrou em cena o meio-campista Vinicius Barba, que entrou na partida e deu vigor ofensivo à sua equipe. Com o Campinense totalmente acuado, o goleiro Rodrigo Dias estava se tornando protagonista da partida. Foram ao menos três grandes defesas feitas em arremates de Barba, Ermínio e Alexandre Santana. Só que aos 36 minutos não teve jeito: Alexandre Santana alçou a bola na área rubro-negra. Nilson Júnior subiu mais alto que a defesa do Campinense, no segundo pau, e colocou a bola no canto do arqueiro, que nada pôde fazer. Era o gol da classificação trezeana para a próxima fase.

Na outra semifinal estão Campinense – que, apesar da derrota no Clássico dos Maiorais, avançou como líder do Grupo B – e Sousa – segundo colocado da chave.

Já na parte de baixo da tabela, o já rebaixado Sport Lagoa Seca foi goleado por 5 a 0 pelo São Paulo Crystal no Carneirão. Com a goleada aplicada, o Tricolor de Cruz do Espírito Santo escapou do rebaixamento no Grupo B. Quem também escapou foi o Nacional de Patos, que venceu a Perilima por 1 a 0 no Presidente Vargas e se beneficiou da derrota do CSP para o Botafogo-PB. O Tigre, com isso, acabou na última colocação do Grupo A e amargou o primeiro rebaixamento da sua história.

As semifinais do Campeonato Paraibano estão marcadas para a próxima sexta-feira (31.jul) e para a terça-feira da próxima semana (4.ago). Mas, como Campinense e Treze vão ser mandantes na volta e devem sediar esses jogos no Amigão, a Federação Paraibana de Futebol (FPF) deve alterar pelo menos um desses jogos da terça para a quarta-feira.

Redação com globoesportes.com

Deixe seu Comentário