O que dizer das recentes participações dos times paraibanos em competições nacionais, a não ser que baseado nos seus resultados, que os times como Botafogo, Campinense e Sousa, vêm diminui9ndo seus desempenhos nas competições que participam.

Os três representantes da terra – Botafogo, Campinense e Sousa – não corresponderam à expectativa nos desafios que participaram. O Belo disputou o Nordestão, Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro da Série C, com a Raposa na Copa do Nordeste, Copa do Brasil e a Série D do Brasileirão, enquanto o Dinossauro competiu na Série D. No geral, sofrimento e decepção para os torcedores dos clubes que preferem passar uma “borracha” no ano que o esporte brilhou no cenário nacional.

Essa mal performance pode prejuidcar no ranking de clubes divulgado ao final do ano. Apesar da conquista do Paraibano, o Belo, que manteve a base do ano passado, foi um “desastre” nas outras competições. Quando todos aguardavam uma boa campanha no Nordestão. O clube da capital caiu pelas tabelas e foi o último colocado do Grupo E, com apenas 4 pontos, conseguindo apenas uma vitória, um empate e quatro derrotas na primeira fase.

Logo depois veio a Copa do Brasil, onde os botafoguenses apostaram no time que poderia avançar e brigar por melhores colocações. Pelo contrário, perdeu na estreia para o ”desconhecido” São Francisco-PA (3 a 0), no Estádio Colosso do Tapajós, voltando a decepcionar os torcedores. Na Série C, última tentativa do time para apagar a má impressão deixada na Copa do Brasil e voltar a brigar pelo acesso a Segundona/ 2018 o Belo fez o contrário e escapou do rebaixamento na última rodada. Integrante do Grupo A o campeão Estadual/2018 obteve a 8ª posição, com 21 pontos, conquistando 6 vitórias, três empates e nove derrotas, nos 18 jogos realizados.

Já a Raposa foi um pouco melhor que o rival no Nordestão, onde passou para a segunda fase da disputa. Na fase preliminar a Raposa foi o segundo colocado do Grupo A, com 11 pontos, conseguindo 3 vitórias, 2 empates e uma derrota. Na outra fase o Rubro- Negro pegou o Sport do Recife-PE, onde venceu a primeira (3 a 1) no Amigão, mas no jogo de volta perdeu pelo mesmo placar, na Ilha do Retiro, sendo desclassificado nos pênaltis ( 4 a 2). Na Copa do Brasil a equipe serrana perdeu na estreia em pleno Amigão, para a Ponte Preta-SP (2 a 0).

Sousa – O Sousa que disputou a Série D do Brasileirão não passou da segunda fase da disputa. Integrante do Grupo A7 o Dinossauro conseguiu a segunda colocação, com 9 pontos, obtendo duas vitórias, três empates e uma derrota. Na outra fase o time sertanejo encarou o Guarany de Sobral-CE, ao vencer a primeira (3 a 1), no Estádio Marizão. No jogo de volta, em Junco, a equipe paraibana perdeu pelo mesmo placar e foi eliminado nos pênaltis (4 a 3).

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Basquete Unifacisa tem vitória expressiva contra Rio Claro em Campina

Grande. O jogo é válido pela primeira rodada da competição Novo Basquete Brasil (NBB).  Com uma vitória expressiva por 101×86, o time paraibano venceu os paulistas e atingiu 20 pontos…