A Paraíba o tempo todo  |

Romero iguala gols de Guerrero com sete jogos a menos no Brasileiro

 O elenco do São Paulo será reformulado para 2016, ação prometida pelo presidente Carlos Augusto de Barros e SIlva, o Leco. O atual plantel de 31 jogadores profissionais poderá ter mais de 10 saídas, o que representaria uma redução de um terço – o número não leva em conta as novas contratações. Todas essas movimentações levarão em conta a opinião do novo treinador, a ser definido nessa semana, segundo Leco e o vice de futebol Ataíde Gil Guerreiro.

Mandatário, diretoria, parte da comissão técnica e departamento de futebol estão descontentes com a postura dos jogadores, diante da goleada aplicada pelo rival Corinthians, por 6 a 1, no último domingo, na arena.

Além dos jogadores com contrato até o fim do ano, outros deverão sair. Rogério Ceni (aposentadoria), Alexandre Pato (empréstimo do rival Corinthians), Luis Fabiano (perto do Tianjin Songjiang, da China), Luiz Eduardo (submetido a cirurgia e emprestado), Edson Silva e o goleiro Léo estão praticamente fora em 2016.

Após a goleada do rival, Bruno, Reinaldo, autor de pênalti em Romero, e Wesley, substituído por Edson Silva, foram alguns dos jogadores criticados nos bastidores. O lateral-direito tem mais um ano de contrato e é alvo do Flamengo; o lateral-esquerdo não agrada dirigentes e torcedores, e o volante ex-Palmeiras tem seu custo-benefício questionado. Reinaldo possui vínculo até dezembro de 2017, e Wesley até dezembro de 2018. Ou seja, o clube teria de procurar soluções para as respectivas situações.

O colombiano Wilder Guisao, indicação de Juan Carlos Osorio, é outro com futuro incerto. O jogador tem contrato de empréstimo até julho de 2016, mas poderá ter o vínculo rescindido em acordo. A avaliação é de que o atleta não correspondeu tecnicamente.

Entre os jogadores contratados para 2015, Breno, recuperado para o futebol, Thiago Mendes e Rogério recebem elogios. Centurión, em alta com a torcida no primeiro semestre, perdeu prestígio no clube e é visto como um investimento que não rendeu o esperado.

O argentino tem dificuldade para compreender orientações em treinamentos, apesar de ter talento reconhecido. Agora diretor de marketing, Vinicius Pinotti bancou a transferência por cerca de R$ 13 milhões, e o vínculo do meia-atacante vale até fevereiro de 2017.

Apesar das lesões, Carlinhos recebe avaliação positiva pela evolução na posição de meia, função desempenhada principalmente com Osorio. O jogador fez o gol de honra na derrota para o rival Corinthians e sofreu pênalti desperdiçado por Alan Kardec.

Entre os atuais 31 são-paulinos, figuram atletas como Auro, Lyanco, Matheus Reis, João Schmidt, João Paulo e Murilo, mais novos e não tão aproveitados. Lucão, muito criticado pela atuação diante do Corinthians, deverá continuar como opção até o fim do ano. Milton Cruz tem ele, Rodrigo Caio, Edson Silva e o próprio Lyanco como zagueiros de ofício nesse momento, em busca de uma vaga no G-4 do Brasileirão – o time tem 56 pontos.

Atrás do objetivo, a promessa é de cobrança ao elenco na reapresentação desta terça-feira, no CT da Barra Funda. Mas a diretoria vai esperar os jogos contra Figueirense, sábado, no Morumbi, e Goiás, dia 6 de dezembro, no Serra Dourada, para depois definir as saídas.

Globo.com

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe