Foto: Diário do Nordeste

O Cruzeiro levou menos de quatro dias para anunciar o nome do novo técnico: Rogério Ceni, que assina com o clube até o fim de 2020. O ex-treinador do Fortaleza, de 46 anos, vai conduzir a equipe mineira na caminhada de recuperação no Campeonato Brasileiro e no desafio de buscar a classificação à final da Copa do Brasil, diante do Internacional, após derrota por 1 a 0, no confronto de ida em Belo Horizonte.

Ceni, que estava trabalhando em Fortaleza desde o fim de 2017, entrou na pauta do clube após a saída de Mano Menezes, que deixou o cargo por causa do mau momento vivido pelo clube mineiro. Nas últimas 18 partidas, sob o comando do ex-treinador, o Cruzeiro conseguiu apenas uma vitória e passou a figurar na zona de rebaixamento do Brasileirão.

O acerto entre as partes foi feito diretamente com o novo treinador e concluído na noite de sábado, de acordo com a cúpula da Raposa. Segundo a assessoria cruzeirense, o técnico desembarca em Belo Horizonte na tarde de segunda-feira, em horário a ser confirmado. Com Rogério Ceni, também chegam à Toca da Raposa o francês Charles Hembert, auxiliar técnico, e Nilson Simões, também auxiliar técnico. Também vem Danilo Augusto, preparador físico.

Foto: reprodução / twitter

Eles substituem Sidnei Lobo e James Freitas, auxiliares técnicos de Mano Menezes, e também Eduardo Silva, preparador física. A multa rescisória de Rogério Ceni, segundo apurou a reportagem, gira em torno de R$ 1 milhão.

 

G1

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Flamengo domina e Athletico tem dois representantes na seleção do Brasileirão 2019

Campeão com 16 pontos de vantagem, o Flamengo dominou, também, os escolhidos para a seleção do Campeonato Brasileiro de 2019. Na noite desta segunda-feira, na festa do Prêmio do Brasileirão,…