Depois de seis partidas o Treze conseguiu vencer uma partida no Estado, e se livrou do rebaixamento. E o Galo venceu logo o seu maior rival, o mais importante triunfo nesta reta final do Campeonato Paraibano. No clássico do Estádio Amigão, o Galo venceu por 1 a 0 e se livrou do fantasma do rebaixamento, na última rodada da fase classificatória.

O único gol do jogo foi marcado por Vanger, aos 4 minutos do primeiro tempo. Para a Raposa, do provocador técnico Francisco Diá, resta agora se preparar para o mata-mata da competição, onde vai enfrentar o Atlético de Cajazeiras, primeiro colocado da chave, em jogos de ida e volta.

 

A Raposa lutava para ficar com a primeira colocação do Grupo B, enquanto o Galo queria vencer para se manter na elite do futebol paraibano. E foi o lado preto e branco quem terminou feliz. O gol marcado por Vanger logo aos dois minutos do primeiro tempo foi o suficiente para os trezeanos triunfarem, enquanto os rubro-negros, com atuação ruim, terminaram na segunda colocação.

 

PV – Na outra partida que também interessava ao Galo no estádio Presidente Vargas, Perilima e Serrano empataram em 3 a 3.

Com a derrota do CSP em João Pessoa, a Águia de Campina estava numa boa e ficou melhor ainda aos 42 do primeiro tempo, quando Lucas Silva abriu o placar.

Na volta do intervalo, o Serrano não desistiu e empatou o jogo aos 3 minutos, com o zagueiro Darlan.

Mas três minutos depois o antigo time de Pedro das sordas voltou a ficar na frente do marcador com mais um gol anotado por Lucas Silva.

Em falha de Pantera, o Lobo da Serra voltou a deixar tudo igual aos 17 minutos, com Lucas Silva, mas não o mesmo da Perilima, e sim o do alviverde. O arqueiro acabou sendo substituído após o tento sofrido.

A virada do Serrano veio com Ferreira, aos 22 da segunda etapa. O Lobo esperava a virada do Campinense sobre o Treze para escapar da queda.

Mas ainda tinha rede para balançar no PV. Aos 35, Cristiano fez o terceiro da Águia de Campina e fechou o marcador.

Com o resultado, o Serrano chegou aos 7 pontos, mas ficou na lanterna do Grupo A e foi rebaixado. A Perilima somou 11 pontos na primeira fase do estadual e ficou na terceira colocação do Grupo B.

Botafogo – No Almeidão, e  noite chuvosa o CSP recebeu o Botafogo-PB pela 10ª rodada do Campeonato Paraibano precisando vencer e torcer por outros resultados para escapar do rebaixamento. Mas a vitória do Belo por 2 a 0 não deu chances para o Tigre escapar.

O primeiro gol saiu logo no começo do jogo. Aos 7 minutos, muita confusão na área e a bola bateu na mão da zaga do CSP. O árbitro marcou pênalti. Fábio Alves foi para a cobrança e mandou com força, no meio do gol, para iniciar a contagem no Almeidão.

 

No segundo tempo, já perto do fim do jogo, aos 41 minutos, Rogério recebeu na área, fez o pivô e bateu de pé direito. A bola ainda desviou na zaga antes de entrar.

O Botafogo-PB chegou aos 24 pontos, garante a liderança geral da primeira fase, e vai enfrentar o Nacional nas semifinais. O CSP permaneceu com 8 pontos, ficou na lanterna do Grupo B e está rebaixado.

 

Sertão – No estádio José Cavalcanti, Esporte e Nacional fizeram o dérbi patoense pela 10ª rodada do Campeonato Paraibano de 2019. Em jogo de muitos gols, melhor para o Canário do Sertão, que venceu por 3 a 1 e se garantiu nas semifinais. No entanto, o Patinho não saiu tão triste pois escapou do rebaixamento.

Em outro duelo no Perpetão, o Atlético venceu o Sousa por 1 x 0 e se garantiu na primeira fase do grupo.

 

Redação

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Presidente do Campinense promete time forte para 2020

Oficialmente eleito presidente do Campinense, Paulo Gervany predente montar um time forte para a temporada 2020. Candidato único ao cargo máximo do clube, o dirigente precisou apenas de um pleito…