Por pbagora.com.br

O Palmeiras precisa de apenas mais dois pontos para conquistar o Campeonato Brasileiro. Na noite desta quarta-feira, com uma atuação brilhante de Dudu, o time comandado pelo técnico Luiz Felipe Scolari goleou o América-MG por 4 a 0 e deu um passo decisivo rumo ao título.

Com 74 pontos, o Palmeiras mantém a liderança e, a duas rodadas do fim, pode ser alcançado apenas pelo Flamengo (69), já que o Internacional (65) saiu da briga definitivamente. O América-MG, com 37 pontos, fica no 17º lugar, dentro da zona de rebaixamento.

Pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 17 horas (de Brasília) deste domingo, o Palmeiras garante o título antecipado com um triunfo sobre o ameaçado Vasco, em São Januário. O América-MG, por sua vez, pega o Bahia às 19 horas do mesmo dia, no Estádio Independência.

O Palmeiras tomou a iniciativa e levou perigo logo no começo da partida, quando Dudu arrancou pela direita e cruzou, mas Willian não conseguiu completar. O camisa 7 se movimentou bastante e também assustou pela esquerda ao chutar para defesa no susto de João Ricardo.

Empurrado pela torcida, o time mandante teve espaço para jogar no primeiro tempo e não correu grandes riscos na defesa. No único lance em que foi exigido durante a etapa inicial, o goleiro Weverton saiu da área pela direita e conseguiu desarmar Ademir.

O Palmeiras desperdiçou uma grande oportunidade de abrir o marcador dois minutos antes do fim do primeiro tempo. Dudu recebeu de Borja pela esquerda, limpou a marcação e devolveu para o colombiano na cara do gol, mas o centroavante conseguiu chutar por cima.

O Palmeiras enfim saiu na frente aos 13 minutos do segundo tempo. Lucas Lima recebeu pela esquerda e cruzou. Na tentativa de afastar, Messias cortou, mas a bola bateu em Luan e terminou no gol. O América-MG reclamou de impedimento, inexistente.

Willian chegou a perder uma boa chance diante de João Ricardo, mas não falhou na segunda oportunidade. Aos 30 minutos do segundo tempo, Dudu pegou a sobra dentro da área após cruzamento de Mayke pela direita e tocou para finalização precisa do camisa 29.

Em êxtase, a torcida passou a saudar o provável título aos gritos de “o Deca vem aí!”. Aos 32 minutos, Bruno Henrique tocou da esquerda para Dudu, que dominou na entrada da área e chutou no alto para ampliar. A festa aumentou quatro minutos depois, quando Mayke cruzou da direita e Deyverson fechou o placar com cabeçada certeira.

 

Corinthians – O Corinthians sofreu, na noite dessa quarta-feira, sua 13ª derrota como visitante nesse Campeonato Brasileiro. Dessa vez o Atlético-PR foi quem fez a festa em cima do alvinegro do Parque São Jorge, com um triunfo por 1 a 0 na Arena da Baixada, em Curitiba.

O resultado evita um alívio definitivo dos corintianos contra o risco de rebaixamento e complica a missão da equipe na luta por uma vaga na Copa Sul-Americana do ano que vem. Por outro lado, o Furacão segue firme no objetivo de ir à Libertadores de 2019.

Com 43 pontos, o Timão é o 12º, por enquanto, e novamente terá de secar seus adversários diretos para não reviver uma tensão pela proximidade da zona de rebaixamento. Os atleticanos, com 53 pontos, ocupam a sétima posição.

SANTOS E BOTA EMPATAM

Santos e Botafogo empataram em 1 a 1 na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols foram marcados por Rodrygo e Brenner.

Durante a partida, Peixe e Fogo souberam do fim das chances matemáticas de classificação para a Libertadores da América em 2019. O Atlético-MG venceu o Internacional no Beira-Rio e não pode mais ser alcançado no G6.

Paulistas e cariocas agora precisam vencer um dos dois jogos finais do Brasileirão para sacramentar a presença na Sul-Americana da próxima temporada.

O Santos ainda enfrentará Atlético-MG (Vila Belmiro) e Sport (Ilha do Retiro). O Botafogo duelará contra Paraná e Atlético-MG.

Gazetanet

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais