Por pbagora.com.br

Um líder isolado visita um arquirrival que contará com a torcida extra dos demais concorrentes ao título nacional. Este é mais ou menos o cenário que o Palmeiras encontrará neste domingo quando enfrentar o Santos, às 16h (de Brasília), na Vila Belmiro. Líder do Campeonato Brasileiro, o time de Muricy Ramalho tem 50 pontos, dois a mais que o São Paulo, segundo colocado e que não joga neste fim de semana. Para que a equipe paulistana não se desgarre muito à frente rumo ao título, a torcida dos demais concorrentes será grande. E o Peixe, 12º colocado com 36 pontos, é quem pode, no momento, fazer com que isso não aconteça.

A TV Globo transmite o encontro entre santistas e palmeirenses a partir das 16h para o estado de São Paulo. O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partida ao vivo em Tempo Real.

Além da possibilidade de estragar o domingo palmeirenses, os santistas ainda vislumbram a possibilidade de se reabilitar na tabela justamente diante da melhor equipe da competição. Mesmo depois da chegada de Vanderlei Luxemburgo ao time, em meados de julho, a equipe ainda não conseguiu embalar no torneio, oscilando sempre entre a zona intermediária.

Ao Palmeiras, o empate não interessa. Atual tricampeão da competição, Muricy Ramalho entende que um time não é campeão se for somente caseiro. Segundo ele, é necessário vencer fora que o título chegue mais rapidamente às mãos dos palmeirenses.

Peixe com problemas

O Santos tem problemas para o clássico. Além do atacante Jean e do meia Robson, lesionados, o técnico Vanderlei Luxemburgo não poderá escalar o lateral-esquerdo Léo, que sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda e foi vetado. Triguinho será o titular da ala. Já o volante Emerson sente dores musculares e foi poupado do treinamento desta sexta. Os médicos santistas garantem que o jogador foi apenas poupado. De qualquer forma, Rodrigo Mancha está de sobreaviso.

No ataque, Neymar voltará a ter oportunidade para mostrar serviço como titular. Ele formará dupla com Kléber Pereira, substituindo Jean.

– É sempre importante poder jogar como titular, ainda mais num clássico. Espero pode ir bem para seguir no time – afirma Neymar

Palmeiras escalado

O Palmeiras, por sua vez, está definido e com as pendências para o clássico resolvidas. Na vaga do lesionado Maurício Ramos, Muricy optou por colocar o jovem Maurício, atleta revelado nas categorias de base do clube, ao lado de Danilo para compor a zaga. A lateral direita será ocupada por Figueroa, autor de um dos gols na vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-PR.

Na frente, Obina e Vagner Love serão os responsáveis por fazer com que a equipe chegue ao 100º gol no ano, dentro da Vila Belmiro. Se depender de Love, as chances de isso acontecer são grandes. Na sua última partida contra o Santos, em 2004, ele anotou duas vezes na vitória por 4 a 0.

– Acho que sou bom em clássicos. Jogos assim são especiais, dão uma motivação maior, me sinto mais inspirado. Como o Campeonato Brasileiro é repleto de clássicos, acredito que ainda posso marcar muitos gols – disse Vagner Love.

 

G1