Por pbagora.com.br

Um dia após brilhar no Foro Itálico de Roma, César Cielo deu uma leve pisada no freio. Nas semifinais dos 50m livre, o brasileiro sentiu a ressaca do show que deu na véspera e ficou com o quarto melhor tempo (21s35). Ainda assim, avançou tranquilo para a decisão de sua prova favorita, no sábado. Nicholas Santos fez apenas o 10º melhor tempo e está fora da decisão.

Dormi mal, não consegui ficar pensando o dia inteiro na prova. Amanhã vai ser diferente. É como eu fiz nos 100m. Vou fazer minha prova e buscar o melhor. Alguns devem nadar na casa dos 20s. Eu vou ser um deles, não sei quais vão ser os outros – prometeu Cielo.

O melhor tempo das semifinais foi do francês Frederick Bousquet, companheiro de treino de Cielo em Auburn, nos Estados Unidos. Ele nadou em 21s21 e roubou do brasileiro o recorde do campeonato (21s37). Bousquet é o recordista mundial da prova, com 20s94. O segundo melhor tempo desta sexta-feira ficou com o croata Duie Draganja (21s29), e o terceiro foi de Amaury Leveaux, da França, com 21s32.

 

Nicholas Santos nadou em 21s69 e ficou fora da final. George Bovell, de Trinidad e Tobago, e Krisztian Takacs, da Hungria, ficaram empatados na oitava posição, com 21s65, e vão nadar uma prova de desempate ainda nesta sexta-feira para ver quem vai à final.
 

 

 

G1