A Comissão Permanente de Prevenção e Combate à Violência nos Estádios, órgão ligado ao Ministério Público da Paraíba (MPPB) recomendou que a partida entre Treze e Botafogo-PB, válida pela última rodada da primeira fase da Série C do Campeonato Brasileiro aconteça com a presença apenas da torcida da equipe mandante, no caso a do Treze. O jogo está marcado para acontecer no dia 24 deste mês, um sábado, e decide a vida das duas equipes na competição nacional.

A informação foi confirmada pelo presidente da Comissão, procurador de justiça Valberto Lira, que disse que a solicitação partiu da diretoria do Treze e que foi aprovada após análise por parte dos membros do referido órgão.

– A solicitação foi feita pela diretoria do Treze. Nós submetemos o que eles alegaram como motivo e o entendimento da comissão é para recomendar que o jogo aconteça apenas com a presença de uma torcida, no caso a do Treze, que é o mandante – comentou o procurador Valberto Lira.

O Treze ainda apresentou outra solicitação, para que a partida saísse do Estádio Amigão e fosse para o Presidente Vargas, fato que, dessa vez, acabou sendo rejeitado pela Comissão. A diretoria alvinegra, através do seu departamento de comunicação confirmou que as solicitações partiram mesmo do clube.

Treze e Botafogo-PB devem chegar à última rodada da Série C brigando por objetivos diferentes dentro da tabela de classificação. O Galo tem a difícil missão de escapar da zona de rebaixamento, tendo que deixar para trás adversários como Globo FC e ABC de Natal. Já a luta do Belo é para conseguir chegar ao grupo dos quatro primeiros colocados da chave e, dessa forma, assegurar sua passagem para a próxima fase da competição nacional. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ainda não se posicionou sobre a solicitação.

Redação com globoesportes.com

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário