Por pbagora.com.br

Inter e Flamengo iniciaram a temporada e colocaram a Taça Libertadores como objetivo principal do ano. Só os gaúchos sobreviveram. O reflexo está na escalação das equipes no duelo deste domingo, no Beira-Rio, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. Enquanto o Colorado poupa alguns titulares visando à semifinal do torneio sul-americano, o time carioca coloca em campo uma equipe remendada, reflexo das importantes perdas provocadas pela eliminação nas quartas de final.

O GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real, com vídeos, a partir de 16h (de Brasília). A TV Globo transmite para o Rio de Janeiro.

Será um domingo de volta ao passado para os colorados. E um passado dos bons. No gramado do Gigante, os torcedores poderão reencontrar três figuras que são sinônimos de título no clube gaúcho. O goleiro Renan, campeão da Libertadores e do mundo, e o atacante Rafael Sobis, um dos heróis da conquista continental, se juntam a Tinga, que já enfrentou o Atlético-MG, mas volta a atuar oficialmente no Beira-Rio. O trio comanda o mistão vermelho no último duelo antes do retorno à Libertadores.

São três vitórias seguidas no Brasileirão e quarta posição, com 16 pontos, retrospecto que permitiu ao técnico Celso Roth deixar a base do time fora do jogo pela Libertadores. Dos titulares, só Índio, Guiñazu, Tinga e Taison irão a campo. O último, contra o São Paulo, já deverá ser desbancado por Sobis.

Roth sabe que o time fica fragilizado e já prevê dificuldades. Mas não encontra outro caminho diante da prioridade naturalmente dada à Libertadores.

– Formamos uma equipe que teve três jogos difíceis e seguidos. Agora, temos um jogo muito importante no domingo, mas mais importante é quarta-feira. Já tínhamos dito que jogaríamos o máximo que pudéssemos com os jogadores que consideramos titulares. Mas esses jogadores que ficaram fora já apresentam algumas coisinhas: batidinha aqui, dorzinha ali. Com exceção do Pato (Abbondanzieri). Ainda não tínhamos a condição de dar ritmo de jogo ao Renan. O que estamos fazendo é isso – disse o treinador.

Abbondanzieri, Nei, Bolívar, Kleber, Sandro, D’Alessandro e Alecsandro são os atletas preservados do time titular. Jogadores como Bruno Silva, Fabiano Eller, Juan, Wilson Mathias e Giuliano devem começar o jogo.

Estreia forçada de reforços

Se o Inter tem possibilidade de deixar fora jogadores importantes, o Flamengo vive situação inversa. Preocupado com as poucas opções no elenco, o técnico Rogério Lourenço antecipou o cronograma de estreias de alguns reforços por causa das suspensões de Welinton e Kleberson. Jean será titular e Val Baiano fica no banco. O apoiador Marquinhos foi impedido de jogar por uma liminar do Vitória, mas o departamento jurídico do Fla o liberou para ser relacionado.

Apesar das dificuldades para repor as peças perdidas no meio do ano, o time reagiu bem nas primeiras rodadas pós-Copa e conquistou sete dos nove pontos disputados. O escalação de "reservas" no Inter não ilude os rubro-negros.

– O Inter é sempre forte. Talvez seja o melhor elenco do Brasil. E a equipe recomeçou bem o Brasileiro, com três vitórias. Óbvio que existe o foco da Libertadores, mas qualquer jogo no Beira-Rio é muito difícil – disse o técnico Rogério Lourenço.

 

 

Globoesporte.com