Por pbagora.com.br

No GP da Alemanha: em atitude polêmica, Felipe Massa abre e Alonso vence na Alemanha

O "fantasma" da parceria entre Rubens Barrichello e Michael Schumacher voltou a assombrar a Ferrari neste domingo. No Grande Prêmio da Alemanha, Felipe Massa liderava a prova até a 49ª volta, quando permitiu a ultrapassagem de Fernando Alonso, que assim rumou tranquilamente para vencer e voltar a sonhar com o título do Mundial de 2010.

Com o resultado, Alonso se mantém na quinta posição da classificação geral, porém se aproxima dos concorrentes ao troféu e chega a 123 pontos. O líder continua sendo Lewis Hamilton, quarto colocado na Alemanha, com 157. Na sequência aparecem Jenson Button (143), que terminou a prova em quinto. Dono do sexto lugar, Mark Webber têm os mesmos 136 tentos que Sebastian Vettel, que completou o pódio neste domingo.

Desta vez, diferentemente do que aconteceu no Grande Prêmio da Áustria de 2002, quando Barrichello cedeu a primeira posição a Schumacher já perto da linha de chegada, a troca de lugares foi menos escandalosa. Pelo rádio, o diretor da Ferrari disse as seguintes palavras para Massa pouco antes da 49ª volta: "Fernando é mais rápido que você, entendeu a mensagem?".

Na sequência, o brasileiro acatou a ordem e recebeu um pedido de desculpas, também via rádio. Naquele momento, Alonso realmente era mais veloz e vinha se aproximando do companheiro de equipe. Antes, na 21ª volta, o espanhol havia voltado muito bem do pit stop e, aproveitando-se das dificuldades do parceiro com os pneus duros e frios, chegou a fazer a ultrapassagem, levando o troco na sequência.

Massa, o terceiro mais rápido do treino classificatório do último sábado, estava na ponta graças a uma bela largada, na qual pulou para a liderança. Dono da pole position, Sebastian Vettel procurou fechar a porta para Alonso, dirigindo-se bruscamente para o lado direito, e foi superado logo pelos dois carros da Ferrari.

Ao final, o alemão se manteve em terceiro e teve boas chances até de subir mais um degrau no pódio, atacando Massa quando faltavam seis voltas para o fim da prova. Àquela altura, Alonso estava tranquilo na primeira colocação, com uma vantagem de 3s7 sobre o brasileiro, fato que pode ser utilizado pela Ferrari para justificar a troca de posições.

Terra
 

Notícias relacionadas

Campinense anuncia Ranielle Ribeiro como novo técnico

O Campinense já tem novo treinador. Menos de 24h após demitir o treinador Ederson Araújo, a Raposa anunciou a contratação d Ranielle Ribeiro, de 41 anos, para comandar a equipe…

Campinense anuncia a demissão de Ederson Araújo

A derrota para o São Paulo Crystal por 2 a 1 no último domingo foi um golpe duro demais para o técnico do Campinense, Ederson Araújo, suportar. Na tarde desta…