Por pbagora.com.br

Mano Menezes faz a sua despedida oficial do Corinthians neste domingo, às 18h30, no Pacaembu, contra o Guarani.

Depois da partida em que o clube tentará recuperar a liderança do Campeonato Brasileiro, perdida na última rodada para o Fluminense, o treinador avisou que começará a falar sobre a seleção brasileira. A apresentação oficial será na segunda-feira, às 16h, em um hotel no Rio. Neste mesmo dia o técnico já fará a sua primeira convocação para o amistoso contra os Estados Unidos, em 10 de agosto, em Nova Jersey (EUA).

Jogadores invadem coletiva e dão parabéns para Mano; clique na foto para ler mais
Por ficar órfão do treinador (escute o áudio abaixo), como citou o presidente do clube Andrés Sanches, o Corinthians já busca um substituto com as mesmas características de Mano, que chegou no clube em dezembro de 2007.

"O Corinthians tem um projeto. O Mano colocou um algo a mais neste projeto. Agora o novo treinador terá que se enquadrar neste projeto do Corinthians. Não vamos mudar a filosofia", disse Sanchez.

Após perder Mano Menezes para a seleção brasileira, o Corinthians ainda não tem nome certo para a chegada de um novo comandante para o clube alvinegro, mas espera que o futuro técnico mantenha o estilo do antecessor.

Andrés aproveitou a entrevista coletiva deste sábado para criticar a postura da imprensa, que, segundo ele, cita diversos possíveis nomes para assumir o clube alvinegro aleatoriamente.

"Eu não sei quem vai ser o treinador do Corinthians. Se vocês quiserem colocar três ou quatro nomes, coloquem três ou quatro nomes", disse Andrés.

"Mourinho, Ferguson… Cravem um nome. Tem que acabar com isso. Temos aí entre três ou quatro nomes para assumir o Corinthians. Vamos analisar", acrescentou. Entre eles está o de Adilson Batista, que recentemente saiu do Cruzeiro.
 

 

 

Folha