O Manchester United quer Neymar e não está para brincadeira. A oferta do clube inglês, que foi feita diretamente ao Barcelona e não chegou ao jogador, é de R$ 760 milhões (190 milhões de euros). O valor é equivalente à multa contratual do craque brasileiro, vinculado aos catalães até 2018.

A negociação, caso aconteça, será a maior da história, custando quase o dobro da atual primeira colocada. Atualmente, a venda de Bale para o Real Madrid, por R$ 403 milhões (100 milhões de euros), é a mais cara. Porém, neste momento, a transação não acontecerá: o clube inglês ouviu um não do Barcelona.

No entanto, nenhum dos dois times descarta completamente que a operação aconteça em um futuro breve. As cifras estratosféricas seduzem o Barcelona, que poderá voltar a contratar na próxima janela depois da punição da FIFA, e necessitará repôr peças em quase todas as posições. Por outro lado, o United procura um craque que chegue com status de ídolo e seja a cara do projeto do clube para os próximos anos.

O diretor executivo do Manchester United, Ed Woodward, é o atual responsável por conversar com o Barcelona. Ele esteve na Espanha há uma semana, quando fez a proposta por Neymar, e, apesar de ver esta transação como quase impossível na atual janela de verão, que se encerra em exatamente uma semana, seguirá conversando para a próxima.

Feliz no Barcelona, e adaptado a cidade, o atleta ainda não foi notificado sobre a proposta. A ex de Neymar, Carol Dantas, inclusive, está em Barcelona tentando se mudar para a cidade com seu filho, Davi Lucca. Os agentes do jogador também não foram comunicados, e Wagner Ribeiro chegou a negar a oferta recentemente, em entrevista ao Globoesporte.com.

Globo.com

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Lutadores paraibanos vencem evento de MMA no Rio de Janeiro

Com apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), três paraibanos foram campeões do Jungle Figth de MMA realizado nesse fim…