Por pbagora.com.br

 Emocionado, chorando e abraçando atleta por atleta. O final de CRB 0 x 1 Treze, neste domingo (15), foi assim para o técnico galista Luciano Silva, que após assumir a equipe, venceu sete dos nove jogos que o Galo disputou.

O aproveitamento do treinador de 77,7% dos pontos disputados levou o time paraibano a dormir pela primeira vez no G-4 do Grupo A da Série C.

Para Luciano, bater o CRB em pleno Estádio Rei Pelé, em Maceió, representou a afirmação alvinegra na terceira divisão nacional.

– Vitória da confirmação, de ter feito por merecer. É merecimento, não é sorte. Sorte é Mega-Sena. A equipe está de parabéns. Taticamente foram quase perfeitos. Neutralizamos as jogadas deles e suportamos a pressão, que seria natural. Não vencemos qualquer equipe. Eu coloco o CRB como um dos grandes candidatos a subir – comentou o técnico do Treze.

Apesar dos 26 pontos e da chegada ao G-4, Luciano Silva pregou humildade em relação às pretensões do Galo na competição.

– Na verdade nosso pensamento agora é o Fortaleza. Depois é depois. A gente comemora hoje e a partir de amanhã já trabalha. Matematicamente temos chances de estar na zona de desconforto e não queremos voltar. Primeiro objetivo do Treze é ficar na Série C para o ano que vem – sublinhou.

A segunda-feira é de folga para os jogadores que atuaram na vitória deste domingo. Os demais atletas trabalham à tarde no Estádio Presidente Vargas.A reapresentação geral está agendada para a manhã de terça-feira. O próximo jogo do Galo é domingo (22), às 19h, no PV, ante o Fortaleza.

Redação com PBEsportes

Notícias relacionadas

Campinense anuncia a demissão de Ederson Araújo

A derrota para o São Paulo Crystal por 2 a 1 no último domingo foi um golpe duro demais para o técnico do Campinense, Ederson Araújo, suportar. Na tarde desta…