Por pbagora.com.br

O australiano Lleyton Hewitt precisou de muita paciência para avançar à segunda rodada em Roland Garros. Jogando contra o gigante croata Ivo Karlovic, de 2,08m, o ex-número um do mundo sofreu nada menos que 55 aces – recorde do circuito – antes de vencer a partida por 3 sets a 2 (6/7 (1), 6/7 (4), 7/6 (4), 6/4 e 6/3), em 3h56m de jogo. Hewitt aguarda na próxima rodada o cazaque Andrey Golubev, de 22 anos, atual número 88 do ranking da ATP e que fez sua estreia no Grand Slam francês neste domingo, eliminando o alemão Denis Gremelmayr por 3 sets a 0.

Curiosamente, o antigo recorde de aces em um só jogo pertencia ao mesmo Karlovic e ao sueco Joachim Johansson, que haviam acertado 51 saques indefensáveis contra o italiano Daniele Bracciali em Wimbledon-2005 e contra André Agassi no Australian Open de 2005, respectivamente. Porém, assim como neste sábado, tanto o croata quanto o sueco também foram derrotados. O feito de Karlovic em Roland Garros, no entanto, é merecedor de destaque, já que no saibro a bola perde velocidade, e os saques são mais facilmente defensáveis.

 

O JOGO

Após perder os dois primeiros sets no tie-break, em 52 e 61 minutos, respectivamente, Hewitt mudou a sua forma de jogar. Sofrendo um autêntico bombardeio por parte de Karlovic, o australiano passou a concentrar-se nos seus games de saque, e a cansar o gigante croata com longas trocas de bola. A estratégia surtiu efeito, e Hewitt venceu o terceiro set também no tie-break, em 45 minutos.

Mais cansado, e não podendo usar o artifício de subir à rede com frequência, como costuma fazer nas quadras rápidas, Karlovic passou a errar mais e a ser alvo de passadas do australiano. Mais inteiro em quadra, o ex-número um do mundo venceu o quarto set por 6 a 4 em 39 minutos. A partida continuou no ritmo imposto por Hewitt no quinto e decisivo set, e o australiano não teve problemas para vencer por 6 a 3, em 39 minutos, conquistando a vitória e vibrando muito, como de costume.

globoesporte.com

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Treze confirma saída do zagueiro Breno Calixto, e contrata camisa 10 filho de Marcelinho

Breno Calixto não é mais jogador do Treze. O clube confirmou a saída do zagueiro, que entrou em acordo com a diretoria para deixar o Galo. O provável destino do…

Campinense efetiva de Hélio Cabral no comando do time para a sequência da Série D

Após a vitória por 4 x 1 no Globo FC, a diretoria do Campinense decidiu efetivar Hélio Cabral como novo técnico da Raposa. Hélio foi oficializado como novo comandante do…