Por pbagora.com.br

‘Preparados para dar o troco e botar as mãos na taça’, esse é o grau de otimismo dito pelo treinador do Botafogo-PB, Evaristo Piza, sobre a expectativa dos jogadores para o confronto nesta quarta-feira (29), pela final da Copa do Nordeste contra o Fortaleza. Para os dois times om título será inédito, serão os 90 minutos finais, do segundo jogo, no qual o time cearense leva uma vantagem, pois venceu o primeiro confronto por 1 X 0.

 

O jogo de hoje começa às 20 horas, no Estádio Almeidão, com arbitragem de um trio do Rio Grande do Norte. Caio Max Augusto Vieira é o árbitro central, auxiliado por Jean Márcio dos Santos e Vinícius Melo de Lima. Pablo Ramon (RN) e Francisco de Assis (RN), são os quarto e quinto árbitros respectivamente. A partida contará com árbitro de vídeo, que será comandado por Heber Roberto Lopes (SC) auxiliado por Elmo Alves Resende Cunha (RN) e Flávio Gomes Barroca (RN). O supervisor de protocolo é Antônio Pereira da Silva (GO).

 

O time paraibano entra em campo como o time de maior números de pontos de toda a competição, tendo somado 24, ao longo da competição. Em 11 jogos, disputados, o Botafogo ganhou 7, empatou 3 e perdeu uma única vez, justamente para o Fortaleza, na primeira partida da decisão, disputada na semana passada, no Ceará. O Alvinegro da estrela vermelha marcou 15 gols e sofreu apenas 6, a melhor defesa da competição, ao lado do Tricolor do Pici.

 

Outra novidade para esse jogo será o retorno ao time dos jogadores o meia Marcos Aurélio e o volante Rogério, que deverão entrar nos lugares de Dico e Wellington.

 

 

 

Redação

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Deixe seu Comentário