A Paraíba o tempo todo  |

Gerson Gusmão pede desligamento do Botafogo (PB) e deve acertar com o Remo

A era Gerson Gusmão chegou ao fim no Botafogo (PB ). O treinador Gerson Gusmão, juntamente com seu auxiliar-técnico Diego Albretch e o preparador físico Eduardo Maus, não integram mais a comissão técnica do Botafogo Futebol Clube. O desligamento se deu a pedido do próprio treinador.

A informação foi oficializada nesta segunda-feira, pela diretoria do Botafogo da Paraíba, através das redes sociais. Gusmão comandou o time alvinegro pela última vez, neste domingo na vitória de 2 a 0 sobre o Atlético-CE.

“O Botafogo agradece pelo profissionalismo no período em que estiveram no clube. O presidente Alexandre Cavalcanti convoca uma coletiva de imprensa para amanhã, às 10h30, para anúncio do novo treinador e comissão técnica”, afirma nota oficial do Botafogo.

Desde meados de 2021, no Belo Paraibano, Gerson acumula um total de  69 jogos e 30 vitórias. Na atual temporada, o treinador obteve 16 vitórias em 32 confrontos disputados. Antes, ele já teve passagens por Operário Ferroviário do Paraná, onde foi bicampeão brasileiro (Série D, em 2017, e Série C, em 2018), além de Novo Hamburgo-RS, Caxias-RS e Chapecoense-SC.

Gerson Gusmão deve comandar o Remo. Depois de ter sondado vários treinadores ao longo desta segunda-feira (20), o nome de Gusmão ganhou força dentro dos bastidores remistas. Como ele pediu demissão do Belo, é possível que ainda hoje acerte com o Remo.

Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe