Por pbagora.com.br

O meia Paulo Henrique Ganso, do Santos, não desiste do sonho de disputar a Copa do Mundo de 2010, na África do Sul. Embora reconheça que será difícil o técnico Dunga aprontar surpresas em cima da hora, Ganso segue com esperanças. Nos últimos dias, circulou a informação de que um funcionário da CBF havia telefonado para o Santos buscando informações sobre o garoto alvinegro.

Ganso ouviu os boatos e admite ter ficado ansioso. Até conversou com dirigentes do Peixe para saber se a informação procedia.

– Mas o pessoal do Santos me disse que a CBF não ligou. É claro que eu fiquei um pouco ansioso. Meu passaporte está pronto. Gostaria muito de ir. Mas vamos aguardar o que vai acontecer – afirmou o jogador, nesta segunda-feira, dia seguinte à grande vitória santista sobre o São Paulo, por 3 a 0, pelas semifinais do Paulistão.

 

Ganso dá entrevistas no dia seguinte à conquista da vaga para a final do Campeonato Paulista O craque alvinegro, autor do terceiro gol sobre o time tricolor, admite que até passou mal após a partida. Ele afirma que seu corpo sentiu o esforço do jogo decisivo. Tanto que nem pôde comemorar a classificação à final do Campeonato Estadual.

– Eu fiquei ruim, com muita dor de cabeça. Foi do esforço mesmo. Corremos muito. Saí para comer uma pizza apenas. Quando deu 22h, eu já estava na cama – contou o jogador.

Ganso acha que, com as duas vitórias sobre o São Paulo nas semifinais, o Peixe provou de uma vez por todas, que está pronto para ser campeão, e que é possível conciliar espetáculo com resultado.

– Claro que dá para ser campeão jogando bonito. Sempre buscamos o gol, vamos sempre para cima dos adversários. É característica da equipe. Eu acho que não sabemos jogar de outra forma.

O Santos vai disputar o título do Paulistão com o Santo André. Os jogos serão nos dois próximos domingos, ambos no Pacaembu. Ganso diz que, no final, se fez justiça e que, agora, o Peixe terá de se empenhar muito para superar o Ramalhão.

– São os dois melhores times do campeonato. O Santo André tem um estilo de jogo bem parecido com o Santos. Nós ganhamos deles na fase de classificação (2 a 1, em Santo André), mas foi um dos jogos mais difíceis que tivemos. Vai ser complicado, mas estamos prontos.

G1

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Flamengo vence o Palmeiras, sobe na tabela e embola briga pela liderança

A significativa 31ª rodada do Campeonato Brasileiro foi território de um duelo franco entre Flamengo e Palmeiras, aspirantes ao título, nesta quinta-feira. O palco foi o Estádio Mané Garrincha, com…