Por pbagora.com.br

A torcida do Galo teve o que comemorar no Mineirão. O Atlético Mineiro venceu o Santos por 3 a 1, na noite deste domingo, e colou no G-4. Com o resultado do Mineirão, o Galo segue em quinto lugar, mas agora tem os mesmos 44 pontos do quarto colocado – o Internacional (fica atrás no número de vitórias). O Peixe, em 12º com 36 pontos, sabe que a vaga para a Libertadores da América está cada vez mais impossível.

Além dos três pontos, o Galo tem agora um dos artilheiros da competição. Com os dois gols marcados, Diego Tardelli empatou com Jonas, do Grêmio, e Adriano, do Flamengo, com 13 gols.

Na próxima rodada, o Atlético Mineiro receberá o Barueri, no sábado, enquanto o Santos terá o clássico com o Palmeiras, domingo, na Vila Belmiro.

Gol em cinco minutos

O Santos começou com um meio-campo recheado de volantes – Emerson, Rodrigo Souto e Rodrigo Mancha. Tudo para segurar as investidas do Atlético. Mas os donos da casa precisaram de apenas cinco minutos para vencer a barreira de Vanderlei Luxemburgo. Carlos Alberto invadiu a área pela direita e cruzou. A zaga tentou aliviar, mas a bola sobrou limpa para Evandro marcar.

Atrás no marcador, e sem criação, o Peixe ficou perdido já nos primeiros instantes da partida. Aos 6, Eder Luis quase fez o segundo. Aos 8, Diego Tardelli exigiu grande defesa de Felipe. Aos 10, novamente Eder Luis assustou. O Santos não conseguia respirar. A essa altura, se o placar estivesse 3 a 0 não seria nenhum absurdo.
 

 

Depois da metade do primeiro tempo é que o time paulista insinuou se arriscar à frente. Mas faltava qualidade. Enquanto isso, os mineiros estudavam o adversário e só aguardavam a hora exata para dar o bote. Até o fim da etapa inicial, as chances de gol do Atlético iam se multiplicando.

Tardelli marca dois para o Galo

No vestiário, durante o intervalo, Luxa tentou consertar o desastre. Substituiu Emerson e Mancha por Pará e Germano. Só que logo aos 11 minutos veio o segundo gol do Galo. Fabão cometeu pênalti em Eder Luis. Tardelli converteu e correu para o abraço.

O atacante voltou a balançar a rede aos 28, quando aproveitou ótima jogada de Correa, que driblou três santistas, e ganhou na corrida de Fabão antes de fuzilar a meta santista. Foi o 13º gol de Diego Tardelli, que agora divide a artilharia do Campeonato Brasileiro com Adriano (Flamengo) e Jonas (Grêmio).

Feliz da vida, a torcida do Galo que foi ao Mineirão – mais de 36 mil pagantes – fez festa para Ricardinho. Com o número 80 nas costas, o meia, ex-Corinthians, São Paulo e Santos, entrou no lugar de Evandro e estreou pelo Galo. Celso Roth fez as suas trocas apenas no fim, para dar sangue novo: Rentería substituiu Tardelli, o herói da noite.

O Peixe, que já tinha Neymar no lugar de Felipe Azevedo, só foi reagir aos 33, com Kléber Pereira, completando cruzamento de Madson. Mas já era tarde…

 

globoesporte.com

Notícias relacionadas

Campinense e Botafogo empatam em 1 x 1 no Amigão pelo Paraibano

Campinense e Botafogo-PB fizeram um jogo movimentado no Estádio Amigão, na noite desta quarta-feira. O placar final foi de 1 a 1. Marcelinho abriu o placar para a Raposa no…