O futebol italiano se mostrou disposto a testar a expulsão temporária de um jogador, seguindo a tendência de modalidades como handebol e hóquei. A implantação do chamado "cartão laranja" foi confirmada em declarações do ex-árbitro Pierluigi Collina, hoje à frente da arbitragem no país, a um programa de rádio.

 

Ele confirmou que a International Board da Fifa analisará a proposta no próximo dia 28, em reunião na cidade inglesa de Manchester. A medida busca um meio-termo entre o amarelo e a expulsão. O tempo de punição ainda não foi definido.

 

Collina gostou da ideia, proposta pela federação de futebol da Irlanda do Norte, ao considerar que "existem certas situações em que o cartão vermelho é excessivo e o amarelo é pouco severo".

 

O agora dirigente também aplaudiu a possível introdução de dois árbitros em campo. Segundo ele, experiências anteriores comprovaram que houve um controle melhor do que ocorria na área. "Não haverá problemas, já que a decisão final será do árbitro principal", comentou.
 

 

igesporte

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário