Por pbagora.com.br

O Fluminense não ficou nem 24 horas sem treinador. Menos de um dia depois de demitir Cristóvão Borges por causa da fraca campanha no Campeonato Carioca, o clube tricolor anunciou a contratação de Ricardo Drubscky para substituí-lo.

 

Drubscky tem 55 anos e o perfil que a diretoria do Fluminense buscava. Formado em Educação Física, é um estudioso do futebol e, inclusive, já escreveu livro sobre tática. O treinador, que é assessorado por Francis Melo (mesmo empresário que trabalha com o atacante Fred) assinará contrato de um ano e ganhará em torno de R$ 100 mil por mês – salário acessível para a realidade financeira do clube.

 

O último trabalho de Ricardo Drubscky aconteceu no Vitória. Contratado após o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o técnico comandou a equipe apenas por três meses, deixando-a após 12 jogos e antes da vexatória eliminação nas quartas de final do Campeonato Baiano.

 

No Fluminense, Drubscky terá a missão de salvar o time de uma queda precoce já na primeira fase do Carioca. O time ocupa a quinta posição do Estadual e, neste momento, é o único grande fora do G-4. A distância para o Vasco, quarto colocado e, atualmente, último classificado às semifinais, é de quatro pontos.

 

“Estou com uma expectativa muito grande em fazer um bom trabalho à frente de um dos gigantes do futebol brasileiro. Aposto muito na qualidade deste elenco. Vou conhecer mais de perto os jogadores e ver as necessidades que temos. Mas estou muito feliz, é uma ótima oportunidade e espero aproveitá-la”, afirmou o treinador, que já comandará as atividades desta terça-feira nas Laranjeiras.

 

Foto: Buda Mendes / Getty Images

Terra

Deixe seu Comentário