O Flamengo já definiu os jogadores que terão a missão de buscar o bicampeonato mundial. O clube enviou na última segunda-feira para a Fifa a relação de 23 nomes para inscrição no Mundial de Clubes. Não há ausências destacadas. Apenas a garotada da base ficou fora, mas o clube ainda tenta levá-los ao Qatar.

Por exigência da Fifa, três goleiros devem estar entre os escolhidos: Diego Alves, César e Gabriel Batista. Jorge Jesus optou ainda por quatro laterais, quatro zagueiros, sete meio-campistas e cinco atacantes. O Flamengo não tem problemas médicos para a competição. Há, porém, uma lista complementar com nomes que podem substitui-los em caso de lesão ou doença comprovada até 24 horas antes da estreia.

O Flamengo tem atualmente 32 jogadores em seu plantel e todos estão nesta relação provisória. O desejo da diretoria, por sinal, é que todos viajem para o Catar. Para isso, o clube tenta a liberação da Fifa para que possam usar as instalações oficiais, como hotel e centro de treinamento. A entidade ainda não deu um parecer definitivo.

Confira a relação de inscritos:

Goleiros: Diego Alves, César e Gabriel Batista
Laterais: Rafinha, Rodinei, Filipe Luís e Renê
Zagueiros: Rodrigo Caio, Pablo Marí, Rhodolfo e Thuler
Volantes: Willian Arão, Gerson e Piris da Motta
Meias: Arrascaeta, Everton Ribeiro, Diego e Reinier
Atacantes: Gabriel, Bruno Henrique, Vitinho, Lincoln e Berrío
Lista provisória para substituição em caso de lesão ou doença: Hugo Souza, João Lucas, Dantas, Rafael Santos, Hugo Moura, Vinícius Souza, Pepê, Lucas Silva e Vitor Gabriel.

Globoesportes.com

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

René Simões anuncia em vídeo que testou positivo para o Covid-19: “Tudo bem”

O ex-técnico de futebol, René Simões, fez uso das suas redes sociais para anunciar que está com covid-19, mas passa bem, embora em isolamento. “Dia 16 de março senti os…

Fifa propõe baixar salários de atletas em encontro com associações de clubes

A Fifa se reuniu nesta quinta por videoconferência com a Associação de Clubes Europeus (ECA) e com a Federação Internacional de Jogadores Profissionais (FIFPro) para discutir como amenizar o impacto…