Por pbagora.com.br

Técnico comunicou à diretoria a decisão de aceitar a proposta do clube português. Ele irá embora junto com seis integrantes de sua comissão técnica

Está oficialmente encerrada a era Jorge Jesus no Flamengo. O clube confirmou a saída do treinador, que comunicou à diretoria a decisão de aceitar a proposta do Benfica. O Mister almoçou com o vice-presidente de futebol, Marcos Braz, no restaurante em seu condomínio, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

– O Clube de Regatas do Flamengo informa que, em reunião realizada na tarde desta sexta-feira (17), o técnico Jorge Jesus comunicou que, exercendo seu direito contratual, está se desligando do Clube para voltar para Portugal. Apesar de lamentar a perda de seu vitorioso técnico, o Flamengo respeita esta decisão pessoal – diz a nota oficial divulgada pelo Flamengo.

O próximo passo para Jesus, agora, é redigir e assinar o contrato com o Benfica. O vínculo será de três anos, com Jesus recebendo um salário de 3 milhões de euros líquidos por temporada. Com ele, irão os seis portugueses de sua comissão técnica – há ainda o convite a Marcio Tannure, chefe do departamento médico rubro-negro.

Após a nota divulgada pelo Flamengo, o Benfica também confirmou o acordo com Jorge Jesus.

O Flamengo não vai negociar nada com o Benfica para a saída de Jesus. O clube terá direito a receber 1 milhão de euros, valor da multa rescisória estipulada com o Mister, quando ele renovou o contrato até junho de 2021.

A notícia do acordo entre Benfica e Jorge Jesus foi dada pela imprensa portuguesa ainda na manhã desta sexta-feira. A esta altura, os dirigentes do Flamengo ainda não tinham sido informados da decisão pelo Mister.

Marcos Braz se encontrou com o treinador no restaurante de um clube no condomínio onde Jesus mora. Eles ficaram numa área reservada e conversaram por longo tempo. Depois disso, Braz se dirigiu a um restaurante próximo. Mais tarde, nas redes sociais, o dirigente postou uma mensagem.

 

G1

Deixe seu Comentário