Antes do clássico do último domingo, contra o São Paulo, a diretoria do Corinthians colocou a arbitragem de José Henrique de Carvalho sob suspeita. Por fim, a atuação dele não teve nenhum erro polêmico. Mesmo assim, o Timão reclamou. A principal bronca do goleiro Felipe, por exemplo, foi com relação à distribuição dos cartões.

 

– Jogar contra o São Paulo já é difícil. E ainda depois temos de jogar contra a arbitragem. Não sei dizer se ele se equivocou nas expulsões (de Túlio e André Santos), mas ele mandou seguir muitas faltas do São Paulo. No primeiro tempo, ele amarelou nosso time todo. Só no segundo que ele ficou com vergonha e deu cartão para eles – comentou o goleiro Felipe, logo na saída do gramado.

 

O camisa 1 do time do Parque São Jorge reclamou muito de lances no primeiro tempo, dois do zagueiro Rodrigo e um de Dagoberto.

 

– No começo, o Rodrigo tinha dado duas chegadas fortes, uma no Jorge Henrique e outra no Elias. O Dagoberto também fez falta dura e ele não marcou nada – falou.

 

Além da reclamação contra a arbitragem, o goleiro corintiano não gostou de ser questionado se o Corinthians havia empatado com um time misto do São Paulo.

 

– O São Paulo não tem apenas 11 jogadores, tem um elenco muito bom. E é por isso que vem ganhando tudo nos últimos anos. É muito fácil falar que empatamos com um time misto. Se a gente jogasse com o time reserva e perdesse, ninguém ia falar isso – finalizou o goleiro da equipe do Parque São Jorge.

 

globoesporte.com

 

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Basquete Unifacisa tem vitória expressiva contra Rio Claro em Campina

Grande. O jogo é válido pela primeira rodada da competição Novo Basquete Brasil (NBB).  Com uma vitória expressiva por 101×86, o time paraibano venceu os paulistas e atingiu 20 pontos…