A 21ª edição da Copa do Brasil tem início nesta quarta-feira com um novo panorama. Dos 64 times que estão em disputa, apenas seis já conquistaram a competição pelo menos uma vez (Flamengo, Corinthians, Fluminense, Criciúma, Inter e Juventude). E estes campeões foram protagonistas de apenas oito dos 20 títulos já disputados na história da segunda maior competição de clubes do país.
 

Tradicionais ‘copeiros’ da Copa do Brasil, Grêmio e Cruzeiro, com quatro títulos cada, ‘desfalcam’ o torneio por disputarem a Copa Libertadores – desde 2001, as equipes não podem jogar as duas competições no mesmo ano -, assim como Palmeiras (um título) e Sport (campeão de 2008).

 

A lista de baixas ainda ganha força com Santo André (um) e Paulista (um), que atualmente disputam o Campeonato Paulista e não conseguiram obter a classificação para o torneio deste ano.

 

Com o aumento de vagas para a Libertadores no Campeonato Brasileiro nos últimos anos (número que varia entre quatro e cinco), a Copa do Brasil perdeu um pouco da sua importância como ‘caminho mais rápido’ para a competição continental.

 

Mas um dado valoriza a importância da competição: três campeões da Copa do Brasil ganharam a Libertadores no ano seguinte: Grêmio (1994 e 1995), Cruzeiro (1996 e 1997), Palmeiras (1998 e 1999).

 

Os maiores campeões em ação neste ano serão o Flamengo e o Corinthians, ambos com duas conquistas (os cariocas em 1990 e 2006 e os paulistas em 1995 e 2002). O Flamengo, inclusive, ostenta ao lado do Grêmio a pecha de maior vice-campeão do torneio – as duas equipes perderam três finais.

 

Em um cenário sem os times tradicionais na Copa do Brasil, a competição deste ano vê uma briga de clubes ’emergentes’ no torneio, mas com tradição no cenário nacional. Atlético-MG, Santos, Vasco e Botafogo, por exemplo, reúnem oito conquistas de Campeonato Brasileiro, mas nunca venceram a Copa do Brasil.

 

Levado em consideração o desempenho dos clubes nos Estaduais, Inter, Flamengo e Goiás saem na frente dos demais, pois ainda não perderam na temporada – o time goiano, inclusive, ostenta um aproveitamento de 90% dos pontos conquistados.

 

Mas é sempre bom lembrar que, pela força do seu elenco – prestes a contar também com o reforço do atacante Fred para a competição – o Fluminense também deve ser considerado um dos favoritos ao título da Copa do Brasil.

 

O Corinthians, porém, tem um atrativo a mais que os concorrentes na luta pela conquista da terceira taça: o atacante Ronaldo no elenco. O jogador, que se recupera fisicamente da lesão sofrida no joelho, avisou desde a sua chegada que tem como principal objetivo a busca pela vaga na Libertadores de 2010.

 

O Corinthians terá, em tese, o confronto mais difícil na primeira fase entre os clubes considerados grandes. O time paulista encara o Itumbiara-GO, no dia 4 de março. A equipe goiana está mal no Estadual, mas pode surpreender, principalmente porque possui no elenco o veterano atacante Túlio e o meia Denílson.

 

O jogo de abertura da Copa do Brasil será entre o J. Malucelli e o Guarani, nesta quarta-feira, às 15h30, em Curitiba. Dos clubes considerados favoritos, Vasco, Fluminense, Santos, Inter, Atlético-MG e Coritiba estreiam também no mesmo dia, podendo vencer por dois gols de diferença para eliminar a partida de volta, algo que o regulamento da competição permite. Se não houver nenhuma surpresa, os grandes devem definir a fatura logo no primeiro jogo.

 

uol.esporte

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Alisson, Firmino e Marta são finalistas da Bola de Ouro

A revista France Football divulgou nesta segunda-feira a lista de candidatos ao seu prêmio anual e incluiu três brasileiros entre os candidatos à Bola de Ouro. O goleiro Alisson e o atacante Roberto Firmino, ambos do Liverpool,…

Botafogo vence CSA e Bahia tropeça em casa

Do uniforme ao estilo de jogo, o Botafogo mostrou um novo visual e venceu o CSA por 2 a 1, nesta segunda-feira, no Nilton Santos. No segundo jogo sob o…