Hoje está fazendo 50 anos que o Rei do Futebol (Pelé) jogou no Estádio José Américo, no Bairro dos Estados na capital paraibana. Foi no dia 14 de Novembro de 1969, o jogo terminou Santos 3×0 Botafogo PB, com 02 Gols de Pelé. Este jogo ficou conhecido como o polêmico Gol Mil.

Pois bem, segundo os dados, o milésimo gol de Pelé não foi marcado no Rio de Janeiro. Não aconteceu no Dia da Bandeira. Não teve como vítima o goleiro argentino Andrada, do Vasco. O milésimo gol foi anotado em João Pessoa. Ocorreu em 14 de novembro de 1969, cinco dias antes do, injustamente eternizado, jogo do Maracanã. E seu “coadjuvante” foi o goleiro brasileiro Lula, do Botafogo da Paraíba.

O tropeço estatístico compromete toda a história oficial da trajetória esportiva de Edson Arantes do Nascimento, hoje com 78 anos. O erro se deu no ano mais atribulado da carreira do atleta. Em 1959, Pelé marcou 127 gols em 103 jogos -pelo Santos, pelas seleções paulista e brasileira e pelo time das Forças Armadas (ele servia o Exército na época). Entre eles, os disputados na primeira edição do Campeonato Sul-Americano Militar.

O amistoso contra o Botafogo-PB marcava a inauguração do estádio Governador José Américo de Almeida, hoje desativado. O evento foi marcado de última hora. Quase não aconteceu devido a um veto da CBD (Confederação Brasileira de Desportos), que não permitia dois jogos de uma equipe num intervalo inferior a 72 horas. O verdadeiro “gol mil” teve uma única semelhança com o “gol 1.001″, sofrido por Andrada. Também foi de pênalti.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Dirigentes do Treze, Campinense e Botafogo afirmam que ajuda da CBF será alívio

Com o Campeonato Paraibano suspenso por conta da pandemia do novo coronavírus, os principais clubes da Paraíba ficaram sem renda e dependendo da ajuda da Confederação Brasileira de Futebol para…