Por pbagora.com.br

 Duas das principais atrações da partida entre Milan e Atlético de Madrid, nesta quarta-feira, às 16h45m (de Brasília), no San Siro, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, foram rivais nos gramados e agora travam novo duelo importantíssimo, agora como técnicos. De um lado o argentino Diego Simeone, de 43 anos, que é treinador desde 2006 e está há pouco mais de dois anos à frente do time colchonero. Já o holandês Clarence Seedorf chegou ao comando do clube rossonero há um mês e espera fazer história no clube também na nova função.

Estrelas estão no banco, mas há outras tantas em campo. É o caso dos artilheiros polêmicos Mario Balotelli e Diego Costa, ou dos brasileiros Kaká e Diego, por mais que o ex-meia do Real Madrid não tenha sua presença assegurada no time titular por questões físicas. Robinho e Filipe Luís, outros brasucas, são ausências confirmadas por problemas médicos.

Seedorf deixou o Botafogo recentemente para voltar ao Milan após um ano e meio. Pegou a equipe classificada para o mata-mata da Champions e, pela primeira vez, vai comandar um clube na competição mais importante da Europa. Apesar do frio na barriga, o ex-meia espera um bom resultado jogando em casa na partida de ida.

– Talvez nesta noite eu não consiga dormir. Eu mal posso esperar para viver a Liga dos Campeões como treinador, e então eu serei capaz de contar como é essa experiência a vocês. Todo mundo vai tratar essa partida como uma ocasião especial. Todos querem jogar e espero uma grande atmosfera no San Siro como sempre tivemos – disse em sua entrevista coletiva na última terça.

Já Simeone vive uma fase mágica. O Atlético de Madrid fez a segunda melhor campanha da primeira fase e avançou com moral. No Campeonato Espanhol, está em terceiro lugar, mas com os mesmos 60 pontos de Barcelona e Real Madrid.

– Nós enfrentamos um Milan poderoso, que teve muitas conquistas. Mas o Atlético também é uma equipe com história – disse o argentino.

Quando ainda eram jogadores, eles se enfrentaram diversas vezes e alguns desses jogos foram memoráveis. A primeira vez que tiveram em lados opostos foi em 1997, quando Seedorf defendia o Real Madrid e levou a melhor no clássico contra o mesmo Atlético de Madrid, por 3 a 1. Já 15 anos depois, em 2002, o argentino venceu quando jogava na Lazio. Vitória por 4 a 2 sobre o Inter de Milão, na despedida do holandês do clube italiano.

Confira as prováveis escalações:

Milan: Abbiati, De Sciglio, Rami, Mexès (Bonera) e Emanuelson; Essien, De Jong e Poli; Kaká e Taarabt; Balotelli. Técnico: Clarence Seedorf.

Atlético de Madrid: Courtois, Juanfran, Miranda, Godín e Insua; Koke, Gabi, Mario Suárez e Arda Turan; Diego Costa e David Villa (Raúl Garcia). Técnico: Diego Simeone.

Árbitro: Pedro Proença (POR).

Globo