Depois do indeferimento da candidatura de Valdir Cabral para a Diretoria de Futebol do Campinense, por questões burocráticas a chapa encabeçada por Paulo Gervany foi homologada e confirmada na disputa pela presidência do Campinense.  A substituição do nome de Valdir Cabral, se deu porque ele não regularizou sua situação financeira junto ao clube dentro do prazo estipulado pelo cronograma eleitoral,

No lugar que até então era ocupado por Valdir Cabral, foi confirmado o nome de Antônio Roberto Maia de Oliveira, que vai ocupar o cargo de diretor de futebol do Campinense. Os demais nomes da chapa, que já tinham sido apresentados na semana passada, permanecem sem alterações e confirmados na disputa.

Única chapa inscrita para as eleições do dia 15 de setembro, a candidatura tem Paulo Gervany como postulante a presidente, Kleber Cabral como vice, Olavo Pires Parente nas Finanças e William de Paiva no Patrimônio.

A eleição que vai definir a nova diretoria executiva do Campinense está marcada para acontecer no dia 15 de setembro no Estádio Renatão. Como foi o único a registrar a candidatura, Paulo Gervany, que tem o conselheiro Kleber Cabral como candidato a vice, deve ser aclamado ao cargo de presidente do Campinense e deve permanecer à frente do comando administrativo do Campinense pelos próximos dois anos.

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário