Paraibanos contra Baianos. Depois de conquistar a classificação nos acréscimos com o gol “salvador” de Reinaldo Alagoano, o Campinense conheceu o seu próximo adversário na fase seguinte da Série D do Campeonato Brasileiro.

A Raposa que está viva na competição e sonha com o acesso para a Série C do ano que vem, enfrentará o Juazeirense da Bahia. Já o Sousa que conquistou uma classificação heroica fora de casa, enfrentará o Fluminense de Feira de Santana.

 

Passada a primeira fase, agora, restam 32 times na briga pelas quatro vagas na Terceirona do ano que vem. Os 17 campeões de grupos e mais os 15 melhores segundos colocados avançaram para o mata-mata.

 

O Campinense foi o 15º melhor segundo colocado e só arrancou a vaga com um gol nos acréscimos,. Reinaldo Alagoano marcou o segundo gol do Campinense na vitória de 2 a 0 sobre o Atlético-PE e eliminou a Desportiva-ES. Antes desse gol, a equipe paraibana e a capixaba estavam empatando em todos os critérios.

 

Para angústia e desespero da torcida rubro-negra, Campinense teve que apelar para a matemática na última rodada da fase de classificação da Série D. O último gol, marcado aos 46 do 2º tempo, impediu um inusitado sorteio entre Campinense e Desportiva na sede da CBF. Isso porque até ali, as duas equipes estavam empatando em todos os critérios e a definição do 15º melhor segundo colocado iria sair na bolinha.

 

A comissão técnica,  diretoria e jogadores reconhecem que o time precisa melhorar para conquistar o sonhado acesso a Série C. Os jogadores, ainda emocionados com a classificação, prometem raça e determinação para garantir ao rubro-negro a volta a Terceira Divisão do Brasileiro.

 

A Raposa terminou o Grupo A8 com 8 pontos conquistados em seis jogos. Foram duas vitórias, dois empates e duas derrotas, o que representou um aproveitamento de 44,4%. O rubro-negro marcou seis gols e sofreu cinco.

 
Além da Desportiva-ES, o outro segundo colocado que não conseguiu a classificação para o mata-mata foi o Inter de Lages. Clubes tradicionais como Portuguesa de Marcelinho Paraíba e Bangu não se classificaram. Ao todo, 22 estados seguem representados na competição e a Bahia lidera com três times classificados.

 

Conforme o regulamento da Série D, os 16 melhores primeiros colocados, entre os 17 grupos, formam o Bloco I, recebendo numeração de 1 a 16, em ordem crescente de suas respectivas chaves. 

 

Severino Lopes

PB Agora

Deixe seu Comentário