Por pbagora.com.br

Disputa fora de campo. O Campeonato Paraibano 2021 pode não acontecer. É que sete clubes que itnegram a elite do futebol paraibano, cobram repasses de programas do Governo do Estado da Paraíba que estariam atrasados e indicam que sem esses recursos não conseguem arcar com as despesas da competição.

Durante reunião na Federação Paraibana de Futebol (FPB), para definir a edição 2021 do Estadual, os clubes que têm participação garantida na competição estadual do próximo ano acabaram decidindo por cancelar o campeonato, alegando problemas financeiros para que fossem arcados os custos para participação na competição.

A decisão foi assinada por representantes de sete dos oito clubes que teriam participação no Campeonato Paraibano de 2021. Dirigentes de Atlético-PB, Campinense, Nacional de Patos, Perilima, São Paulo Crystal, Sousa e Treze apoiaram a não realização do estadual.

A principal reclamação dos dirigentes é com relação ao pagamento de valores que estariam em atraso referentes ao antigo programa Gol de Placa e também o Programa de Incentivo ao Esporte, lançado em janeiro deste ano.

Único clube a não assinar a ata da reunião que optou pela não realização do Campeonato Paraibano em 2021, o Botafogo-PB se posicionou através do presidente Alexandre Cavalcanti. O dirigente alvinegro informou que enviou os seus representantes para o que seria o Arbitral do estadual nessa segunda-feira.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Flamengo vence o Palmeiras, sobe na tabela e embola briga pela liderança

A significativa 31ª rodada do Campeonato Brasileiro foi território de um duelo franco entre Flamengo e Palmeiras, aspirantes ao título, nesta quinta-feira. O palco foi o Estádio Mané Garrincha, com…