O ex jogador do Botafogo-PB Magno que participou de jogo épico do clube no Maracanã, foi convidado para chefiar a delegação botafoguense na partida contra o Fluminense. O jogo, marcado par a próxima quarta-feira, no Maracanã, às 19h15, será válido pela segunda fase da Copa do Brasil. O Fluminense, derrotou o Moto Club por 4 a 2, enquanto o Belo eliminou o Atlético (BA).

O jogo vai ser marcante para o tricampeão da Paraíba, que guarda uma das melhores recordações da sua história naquele palco que já sediou duas finais de Copa do Mundo. A partida também marcará a volta do lateral Leo Moura, ex Flamengo ao Maraca.

É que no Campeonato Brasileiro de 1980, o Belo derrotou o Flamengo, de Zico, pelo placar de 2 a 1. Naquele dia, um dos destaques botafoguenses foi Magno, meia que é ídolo da equipe. Depois de 40 anos, o ex-jogador foi novamente convocado pelo Alvinegro da Estrela Vermelha, agora para ser chefe de delegação em mais uma empreitada no Maraca.

Nas redes sociais, o Botafogo-PB confirmou que logo após a classificação do Fluminense sobre o Moto Club, o presidente Sérgio Meira telefonou para Magno Cerqueira. A ideia é homenagear o ídolo no placo onde ele se consagrou diante daquele que viria a ser o grande time da década, conquistando o Mundial no ano seguinte.

Diferentemente da primeira fase da Copa do Brasil, na segunda, ainda em jogo único, o visitante não joga com a vantagem do empate. Em caso de igualdade, a decisão vai para os pênaltis. A partir da terceira, os duelos são definidos em ida e volta.

PB Agora

Deixe seu Comentário