Por pbagora.com.br

O Botafogo (PB), quer fazer história na noite desta quarta-feira (03) no Maracanã. Em busca de uma façanha, e inspirado em vitória épica sobre o Flamengo em 1980, o Belo enfrenta às 19h15, o Fluminense em partida válida pela segunda fase da Copa do Brasil. Para avançar de fase, e garantir uma boa receita no inicio da temporada, o Botafogo precisar vencer o Flu e manter a invencibilidade na temporada. Em caso de empate, a vaga na terceira fase será decidida nas cobranças de pênaltis.

Na primeira fase, os dois times tinham a vantagem do empate, e o Botafogo-PB tirou proveito dela para passar pelo Atlético-BA após 0 a 0 na Bahia. Por sua vez, o Fluminense goleou o Moto Club por 4 a 2 no Maranhão. Quem seguir no torneio vai encarar o Figueirense, que eliminou o Vitória-ES.

O confronto desta noite será o quinto entres clubes na história. E o retrospecto é amplamente favorável ao Tricolor, que venceu em três oportunidades. O outro duelo entre as duas equipes terminou empatado.
O técnico Evaristo Piza deve escalar o mesmo time que empatou contra o Ceará pela Copa do Nordeste, quando a equipe conseguiu mostrar o seu melhor futebol no ano.Ele tem três desfalques certos: o goleiro Felipe, que ainda não estreou, vetado no dia da viagem com uma lombalgia; o meia Enercino, ainda entregue ao departamento médico dores musculares; e o atacante Kelvin, que vinha sendo titular até sofrer uma luxação no cotovelo esquerdo. Em compensação, ele conta com a volta do lateral-esquerdo Mário, recuperado de lesão.

A partida também marca a volta do lateral direito Léo Moura, ao Maracanã. Aos 41 anos, a atual estrela do Botafogo-PB  ex Flamengo vai ter a missão de conduzir o Belo a vitória épica. Ele já anunciou que pretende encerrar a carreira no final de ano.

No jogo desta quarta-feira, o Botafogo-PB  vai fechar o ciclo de duelos contra os grandes do Rio de Janeiro pela Copa do Brasil. Isso porque o Fluminense é o único time entre os principais do futebol carioca que o Belo ainda não enfrentou nessa competição. De quebra, terá a oportunidade de acabar com o tabu de nunca ter conquistado uma vitória.

Na história da Copa do Brasil, o Botafogo-PB já se deparou com Flamengo (duas vezes), Vasco (duas vezes) e Botafogo. Foram oito jogos até aqui, com três empates e cinco derrotas. Nunca conseguiu passar de fase contra um rival carioca. A saga inclui duelos épicos, como o jogo contra o Flamengo em 1999 – um empate em 3 a 3 no Almeidão, além de uma goleada contra o Vasco em 2006, por 7 a 0 em São Januário, com três gols de Romário.

O tricampeão paraibano tem um histórico de poucas partidas no estádio – apenas quatro. A última vez foi há 21 anos, também pela Copa do Brasil, na derrota de 2 a 1 para o Flamengo. Em compensação, a única vitória é considerada uma das maiores façanhas do clube ao longo dessa história de quase nove décadas. Foi em 1980, no Campeonato Brasileiro, quando o Belo fez 2 a 1 no Flamengo de Zico.

No Fluminense, o técnico Odair Hellmann armou um meio de campo diferente para aumentar o poder de criação do time, que precisa fazer gols para buscar a classificação e não repetir o trágico roteiro da Copa Sul-Americana.
No último treino, o técnico testou uma formação com Hudson de primeiro volante e Yago de segundo, além da volta de Nenê, poupado domingo contra o Madureira. Mantido na equipe, Marcos Paulo deve atuar no ataque. A principal esperança de gols do Flu, sem dúvida é Nenê que tem se destacado na temporada como um dos artilheiros da equipe.

Prováveis escalações

Fluminense: Muriel, Gilberto, Nino, Digão, Egídio; Yuri Lima, Henrique, Nenê; Marcos Paulo, Wellington Silva e Evanílson. Técnico: Odair Hellmann.

Botafogo-PB: Samuel Pires, Léo Moura, Fred, Luís Gustavo, Mário; Rogério, Everton Heleno, Juninho, Cássio Gabriel (Pimentinha), Rodrigo Andrade; Lohan. Técnico: Evaristo Piza.

Severino Lopes
PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Morre aos 60 anos jogador Argentino, Diego Maradona vítima de parada cardíaca

Maior jogador da história do futebol argentino, Diego Armando Maradona morreu nesta quarta-feira (25) aos 60 anos. Segundo o jornal argentino “Clarín”, Maradona sofreu uma parada cardiorrespiratória. Diego Armando Maradona…