Por pbagora.com.br

 O card do UFC 175 sofreu nesta quarta-feira uma reviravolta digna dos roteiros de cinema. Após protagonizar com Chael Sonnen os momentos de maior rivalidade do TUF Brasil 3, Wanderlei Silva está fora da luta que faria contra o falastrão americano no evento de 5 de julho, em Las Vegas. O Combate.com apurou que seu substituto será ninguém menos que Vitor Belfort, que volta a atuar pelo UFC em Las Vegas, após toda a polêmica que envolveu seu nome e o uso de TRT (Terapia de Reposição de Testosterona). A luta entre Chael Sonnen e Vitor Belfort continua sendo a antepenúltima do evento, que terá duas disputas de cinturão: o dos pesos-galos feminino, entre Ronda Rousey e Alexis Davis, e o do peso-médio, entre Lyoto Machida e Chris Weidman.

 

Entenda o caso

Wanderlei Silva, assim como Chael Sonnen, foi convocado pela Comissão Atlética de Nevada (NSAC) – órgão que regulamenta os esportes de combate no estado americano – a comparecer no início desta semana a fim de realizar exames médicos e antidoping, obrigatórios para a concessão da licença para lutar no estado americano. Chael Sonnen, que fazia uso de TRT e interrompeu a terapia após a proibição pela NSAC, apresentou-se e fez todos os exames e testes, sendo liberado para lutar. Já Wanderlei Silva não compareceu na data estipulada. Sua não presença fez com que a Comissão não lhe concedesse a licença para lutar no UFC 175 o substituísse por Belfort.

A ausência de Wanderlei SIlva na data estipulada pela NSAC, que teria sido avisada aos lutadores com toda a antecedência protocolar, teria caído muito mal junto ao UFC, que já estuda sanções ao lutador, como rescindir seu contrato. No início da noite desta quarta-feira, Wanderlei manifestou-se pelo Twitter pela primeira vez após a divulgação do caso.

– O que é isso? Não estou acreditando! – postou o lutador.

O Combate.com também apurou que Vitor Belfort já realizou os exames exigidos pela Comissão Atlética de Nevada para a concessão da licença, e obteve resultado negativo para substâncias proibidas, além de índices normais de testosterona.

Sportv