Por pbagora.com.br

Robert Fernández, representante do Barcelona, esteve presente nas finais da Copa Libertadores de 2017, entre Grêmio e Lanús, para observar de perto um dos destaques do time brasileiro na competição e na temporada: Arthur, o promissor volante de 21 anos. A informação foi divulgada pelos principais jornais espanhóis e catalães nesta quinta-feira.

Não resistindo às dores de uma entrada sofrida no primeiro tempo, Arthur foi substituído aos cinco minutos da etapa final da vitória do por 2 a 1, na Argentina, que deu o título de campeão da Liberta ao Tricolor gaúcho. Mesmo assim, além da boa atuação no jogo de ida, em Porto Alegre, o jovem volante fez um primeiro tempo impecável no Estádio La Fortaleza, sendo eleito o melhor jogador da finalíssima.

Fernández não deve ter se arrependido da viagem à América do Sul. O secretário técnico do Barça viu o volante de 21 anos tocar 47 vezes na bola e ganhar 10 das 13 divididas que disputou. Foi o jogador mais participativo do primeiro tempo, com um aproveitamento equivalente a 88,2% nos passes.

"Ninguém pôde interpretar o jogo melhor que ele. Mostrou uma maturidade incomum para sua idade, no jogo mais importante de sua carreira até o momento", escreveu o catalão Sport , que apontou uma queda de rendimento do Grêmio após a substituição do jovem meia.

Arthur voltará a ser observado no Mundial de Clubes da Fifa, nos Emirados Árabes, onde poderá enfrentar o Real Madrid, último campeão da Liga dos Campeões, caso ambos se classifiquem para a final.

Terra.com.br

Deixe seu Comentário