Punido, por ter entrado, junto com a Desportiva, na Justiça Comum, solicitando o retorno para a primeira divisão do Paraibano 2019 e a punição de Botafogo e Campinense, envolvidos na Operação Cartola, a diretoria do Auto Esporte, via seu diretor de futebol, Joacil Junior, disse ontem que o clube aguarda, a qualquer momento, o resultado de um recurso impetrado junto ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva, para reverter a punição.

Devido a essa punição vigente, o clube não pode participar do Campeonato Paraibano da segunda divisão deste ano, e ainda tem de pagar uma multa no valor de R$ 5 mil. A mesma punição foi aplicada à Desportiva Guarabira, já que os dois clubes entraram com o processo juntos. Porém, o próprio STJD decidiu que o clube do Brejo já pode participar da competição e diminuiu em 50 por cento a multa aplicada ao clube.

No dia de ontem, o presidente da Desportiva, Domingos Sávio, confirmou a decisão do STJD, e explicou porque apenas o time do Brejo foi beneficiado, enquanto o Auto Esporte continua esperando a decisão do STJD

 

 

Redação

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Atlético-MG vence, mas é eliminado da Copa Sul-Americana

O Atlético-MG venceu o Unión Santa Fé por 2 a 0 nesta quinta-feira, mas não foi suficiente para avançar na Copa Sul-Americana. Depois de perder por 3 a 0 no jogo de ida,…

Flamengo empata com Del Valle e Bruno Henrique é levado para hospital

O Flamengo está a uma vitória do título da Recopa Sul-Americana. Nesta quarta-feira à noite, em Quito, o campeão da Copa Libertadores empatou com o Independiente Del Valle, por 2…