Ainda sem ser anunciado pelo Botafogo-PB, Léo Moura já faz campanha para torcida virar sócio. O jogador deve ser confirmado como reforço do Botafogo-PB nesta segunda-feira. Mas através das redes sociais do time paraibano, o lateral-direito de 41 anos já encabeça uma campanha: ele convoca a torcida para virar sócio do clube.

A meta do Botafogo-PB é alcançar 5 mil sócios-torcedores – meta que tenta atingir para ajudar a bancar o salário do jogador. Hoje, o clube está próximo dos 3 mil. Na postagem, Léo Moura diz que para vestir “essa camisa de tanta tradição só depende de vocês (torcedores)”.
– Oi, João Pessoa, da maior torcida da Paraíba! Quero fazer um desafio a você torcedor do Botafogo da Paraíba a virar sócio, a se associar. É muito fácil. Só você entrar no site dobeloeusou.com.br ou nas lojas oficiais do Botafogo-PB. Vá lá e se associe, valeu?! Para eu chegar aí e vestir essa camisa de tanta tradição só depende de vocês. Beleza? Um forte abraço aí e espero contar com a ajuda de vocês. Um abraço – disse Léo Moura.

Com currículo vasto, o jogador de 41 anos deve desembarcar na Paraíba após ter defendido o Grêmio nos últimos três anos. Lá no Rio Grande do Sul, foi campeão da Copa Libertadores (2017), Recopa Sul-Americana (2018), Recopa Gaúcha (2019) e do Campeonato Gaúcho (2018 e 2019).

Antes disso, o jogador ficou marcado por jogar pelo Flamengo durante uma década, entre 2005 e 2015. Leonardo Moura foi, por muito tempo, capitão da equipe rubro-negra, e ganhou diversos títulos no Rio de Janeiro, virando ídolo de uma geração de torcedores do clube carioca. Entre as taças conquistas estão duas Copas do Brasil (2006 e 2013), um Campeonato Brasileiro (2009) e cinco Campeonatos Cariocas (2007, 2008, 2009, 2011, 2014).

Em 2016, o defensor foi até Pernambuco atuar pelo Santa Cruz. Lá, conquistou mais títulos para seu currículo. Pela Cobra Coral, foi campeão da Copa do Nordeste e do Campeonato Pernambucano em sua única temporada até então no futebol nordestino.
Mesmo com o rebaixamento do Tricolor do Arruda no Brasileirão daquele ano, Léo Moura teve um bom desempenho individual. O lateral entrou em campo 33 vezes (32 como titular), marcou três gols e deu três assistências. Além disso, teve um ótimo aproveitamento nos cruzamentos precisos, com 28% de acerto. Todos os dados foram retirados do Sofascore, site especializado em estatísticas.

Em 2017, indo reforçar o Tricolor Gaúcho aos 38 anos, o jogador chegou bastante questionado pela mídia e pela torcida. Entretanto, o treinador Renato Portaluppi bancou o atleta, que fez um bom ano no Rio Grande do Sul.
No Brasileirão 2017 jogou pouco, pois o comandante gremista poupou seu time titular no torneio nacional para focar na Copa Libertadores da América. Leonardo Moura iniciou 13 partidas (e entrou em mais três como substituto) naquela edição da Série A, e manteve a boa média nos cruzamentos, com 25%.

O seu melhor desempenho individual veio no Campeonato Brasileiro de 2018. Foram quatro assistências em 18 jogos, uma pontaria de acerto de 60% nos passes longos e 23% nos cruzamentos. Defensivamente, passou sete partidas sem sofrer gols, e teve uma média de 1.2 desarmes.

No ano passado, em 2019, Léo Moura seguiu com a média dos últimos anos e disputou 19 pelejas (17 como titular). Reserva imediato do seu xará Leonardo, o experiente jogador caiu um pouco de rendimento, mas dava conta do recado.
A média de precisão nos cruzamentos caiu um pouco, para 17%. Além disso, passou apenas três confrontos sem sofrer gols, e chegou a cometer dois pênaltis. Ofensivamente, deu uma assistência.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Flamengo vence e garante melhor campanha no Carioca

O Flamengo segue cumprindo seu papel no Campeonato Carioca. Nesta quarta, Pedro e Gerson foram os autores dos gols da vitória por 2 a 0 sobre o Boavista, no Maracanã,…